Publicado em 15/07/2011 as 12:00am

Legisladores realizam evento em prol do Secure Communities

O vereador Matt Elder, que liderou parte do movimento, realizou um projeto em Marlborough para exigir que a polícia da cidade adotasse o programa

Em evento na State House de Boston, na tarde de quarta-feira(13), um grupo de legisladores e residentes da região MetroWest, que inclui as cidades de Framingham e Marlborough, se disseram frustrados pela discordância de várias cidades de Massachusetts, em relação ao programa Secure Communities, e a pouca informação disponível em relação aos resultados do projeto.

“Eu quero descobrir realmente se o Secure Communities é o programa certo para Massachusetts” afirmou com certo apaziguamento, o vereador Matt Elder. O evento na State House, que contou com mais de 100 ativistas do movimento conservador ‘Tea Party’, estiveram no encontro para falar de diversos assuntos, mas prioritariamente tratar da questão imigratória.

Matt Elder, que liderou parte do movimento, realizou um projeto em Marlborough para exigir que a polícia da cidade adotasse o programa. O vereador afirma que contatou inclusive o chefe de polícia da cidade, Mark Leonard, para  convencê-lo na adoção do projeto. “ Após contatar o ICE, compreendemos que não depende da cidade para fazer parte do programa. O ICE determina quais devem adotar a medida” afirmou ele ao jornal Metrowestdailynews.  Para Leonard, caso fosse introduzido da maneira correta, o programa poderia ser efetivo.

Embora favoráveis ao programa, os legisladores presentes à manifestação adotavam um discurso similar. O apoio à premissa de que somente os imigrantes criminosos seriam afetados pelo programa, não afetando aqueles que cometerem delitos leves. “ O argumento dos oposicionistas ao programa é equivocado. O Secure Communities não combate à imigração, e sim protege as nossas comunidades” justifica Elder.

Para a diretora-executiva do Centro do Imigrante Brasileiro – CIB, Natalícia Tracy, o tom moderado dos discursos representa uma estratégia para convencer o meio político. “ A lei, na teoria, é perfeita e clara ao dizer que somente os criminosos serão pegos. Mas a realidade é, e as estatísticas estão aí para comprovar, que isso não tem ocorrido. Imigrantes honestos e trabalhadores tem sido vítimas das falhas desse programa, e vamos continuar pressionando para a exclusão do programa” afirma a ativista.

Foto 1 – credito / Jacob Belcher/for Daily News and Wicked Local

O ativista do movimento Tea Party, Matt O'Brien (a esq), ao lado do deputado Steven Levy, R-Marlborough durante manifestação

Fonte: (da redação)