Publicado em 27/07/2011 as 12:00am

Califórnia aprova projeto similar ao 'Dream Act'

A lei permite que estudantes indocumentados se beneficiem de bolsas de estudo provenientes a serem aplicadas nas universidades do estado

O governador da Califórnia, Jerry Brown, assinou na segunda-feira (25), um projeto de lei que permite aos imigrantes indocumentados receber bolsas de estudo provenientes de financiamentos privados e que podem ser aplicados em escolas estaduais e nas universidades.

O projeto, apelidado de ‘Dream Act da Califórnia', passou pelo poder legislativo do estado no início deste mês e se aplica aos os imigrantes indocumentados que tenham obtido o diploma do ensino médio e estudado pelo menos três anos em escolas públicas do estado.

O projeto recebeu o mesmo nome da lei federal, “Dream Act”, que foi barrada no Senado ano passado e com a maioria dos republicanos assumindo o controle da Câmara dos Deputados, a lei federal não conta com apoio suficiente.

Durante a cerimônia de assinatura do projeto, o governador ressaltou que se a Califórnia quer continuar sendo uma poderosa sociedade de oportunidades, “é preciso investir em todas as pessoas”. Jerry é um democrata que durante a campanha firmou o compromisso de proporcionar a igualdade entre as pessoas independente da cor, raça, credo ou qualquer outra diferença étnica ou social.

Alguns críticos afirmam que o “Dream Act da Califórnia” dá aos imigrantes uma falsa promessa, porque o de nada adianta formarem-se em uma universidade se a lei federal de imigração não mudar. Isso significa que um indocumentado pode concluir os estudos na Califórnia, mas será barrado na falta de documentos para conseguir empregos depois de graduado

Além da Califórnia, outros 12 estados concedem o direito para que imigrantes indocumentados possam ingressar nas faculdades, em igualdade com os estudantes americanos.

Fonte: (tradução: Luciano Sodré)