Publicado em 3/08/2011 as 12:00am

Policial é acusado de assédio sexual a imigrante

Segundo Yvone Ruiz, 22 anos, o oficial Jeremy Reynolds disse que se ela lhe mostrasse os seios, ele a liberaria

Uma mulher que reside na região de Atlanta, na Georgia, afirma que um policial cometeu atos inapropriados com ela durante uma abordagem policial. Segundo Yvone Ruiz, 22 anos, o oficial Jeremy Reynolds disse que se ela lhe mostrasse os seios, ele a liberaria.

 

O fato aconteceu durante uma operação policial na Interestadual 285 (I-285) e não é a primeira vez que Jeremy responde por este tipo de acusação. “Ele me disse que iria me mandar para a cadeia se eu não o atendesse e que tinha meios para isso”, denunciou.

 

Ela relata em seu depoimento, que recusou alegando ao policial que tem filho e marido e pediu para que ele não a tocasse e exigiu a presença de uma policial feminina ser revistada. Segundo a imigrante, o policial disse que todos estavam em horário de almoço e só tinha ele trabalhando. “Foi então que ficou agressivo e começou a me revistar forçadamente e levantou minha blusa”, continua.

Como ela se recusou, o policial a levou presa sob acusação de violação da liberdade condicional. Após pagar a fiança, Yvone oficializou a denúncia contra o policial e descobriu-se que ele já foi acusado de tentar forçar relação sexual com uma mulher durante uma abordagem de trânsito.

 

O advogado de Reynolds, Jackie Patterson, afirmou que as duas acusações são falsas.

 

Fonte: (Texto por Luciano Sodré)