Publicado em 23/09/2011 as 12:00am

Obama ultrapassa Bush em deportações

Segundo dados, Obama está perto de deportar mais imigrantes em apenas um mandato, do que George W.Bush em dois

Mesmo com as declarações que se colocam sempre a favor dos imigrantes e do apoio por uma reforma ampla de Imigração, Obama carrega o fardo de ser um dos presidentes que mais deportaram imigrantes na história do país. Nessa semana, foram divulgados os números que colocam Obama, em apenas um mandato, a um passo de ultrapassar Bush, em dois mandatos,  em número de deportações.

Mais de um milhão de imigrantes foram deportados em 2 anos e meio de administração Bush, um número muito próximo do que Bush realizou em 8 anos. Até o mesmo de Setembro, a diferença entre os dois governos seriam apenas de 500.000 deportados.

Em 2008, muitos imigrantes votantes, deram o seu voto de confiança para Obama, por conta da campanha altamente a favor da causa imigrante e a promessa de uma ampla reforma no setor, com 100 dias de governo. 67% dos hispânicos votantes, deram o seu voto para o democrata, com a esperança que a promessa se concretizasse.

Aproximadamente 11 milhões de imigrantes residem de forma ilegal no país, segundo dados do Pew Hispanic Center. Com projetos como o Dream Act, um número estimado de 2 milhões de jovens estudantes poderiam ser beneficiados com a legalização, caso seguissem os critérios exigidos pelo projeto.

Em agosto, o Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos (DHS, sigla em inglês), através de sua secretária Janet Napolitano anunciou que o presidente Barack Obama decidiu rever  300.000 processos de deportação contra imigrantes que estivessem presos e não tivessem histórico criminal, somente aguardando deportação. A medida foi avaliada como uma maneira paliativa de apagar o furor por uma reforma, e esconder as duras políticas de repressão aplicadas por Obama , como o programa Secure Communities que foi definido como obrigatório para todo o país até 2013, sob ordem de sua administração.

Fonte: (da redação)