Publicado em 10/11/2011 as 12:00am

Cai o número de imigrantes presos na fronteira

Número de detidos na fronteira foi 42% menor do que no ano passado

O número de imigrantes detidos pela Patrulha de Fronteira, tentando atravessar a fronteira do México com os Estados Unidos, caiu mais de 40%. Esta informação foi dada pelo chefe do Departamento de Imigração no Arizona, Alan Bersin.

Segundo ele, 123 mil imigrantes foram presos na região fronteiriça de Tucson, entre outubro de 2010 e setembro de 2011. “Isso representa uma redução de 42% em comparação aos 212 mil detidos entre 2009 e 2010”, explica.

O chefe ressalta ainda região de Yuma, que reduziu de 7.115 para 5.833 presos no mesmo período. Alan mostra um relatório que fornece dados das prisões ao longo de toda a região de fronteira. No ano de 2000, 1,6 milhões de imigrantes foram presos,m incluindo 616 mil na região de Tucson. “Estes números ainda são extra-oficiais. As estatísticas oficiais serão divulgadas daqui há algumas semanas”, ressalta.

Alan ressalta que esta redução nas prisões se deve em virtude da forte fiscalização imposta na fronteira e o reforço no quadro pessoal de patrulheiros. Ele espera que os números caiam ainda mais e que fiquem inferior à 321 mil prisões (números de 1972).

O chefe realizou uma visita na fronteira, na semana passada, acompanhado da Secretaria do Departamento de Segurança Interna dos EUA (DHS, sigla em inglês), Janet Napolitano. Eles analisaram de forma positiva a fiscalização ao longo de todo o limite de divisa com o México e asseguraram que “as fronteiras estão protegidas”.

O Arizona tem sido a principal porta de entrada mais popular para os imigrantes que querem entrar ilegalmente no país.

Fonte: (Luciano Sodré - avozdoimigrante.com)