Publicado em 25/11/2011 as 12:00am

Governo dos EUA apresenta recurso contra lei anti-imigrante de Utah

A lei permite que a polícia verifique o status migratório de qualquer pessoa que for presa no estado

O governo do presidente americano, Barack Obama, entrou nesta semana, com um recurso judicial contra uma controversa lei sobre imigração no estado de Utah, afirmando que esta usurpa as prerrogativas do governo federal no tema.

Esse texto ‘viola claramente a Constituição, ao tentar instaurar uma política de imigração no nível local que interfere nas prioridades e nas práticas do governo federal’, afirmou o Departamento de Justiça em comunicado.

A lei permite que a polícia verifique o status migratório de qualquer pessoa que for presa, até mesmo por motivos não-violentos. Segundo o comunicado, o procedimento é proibido pelo governo federal, que reserva esse direito aos agentes de imigração.

O Departamento de Justiça interpôs também recursos contra as leis de imigração nos estados de Arizona, Alabama  e Carolina do Sul, e examina leis similares adotadas em Indiana e na Geórgia.

O procurador-geral dos EUA, Eric Holder, afirmou em um comunicado,  que uma multiplicação das leis migratórias nos estados não "faria mais do que criar problemas".

O presidente Obama é partidário de uma solução federal que reforce as fronteiras enquanto se permite aos residentes indocumentados nos Estados Unidos,  o acesso à naturalização.

Fonte: (EFE)