Publicado em 11/01/2012 as 12:00am

Anti-imigrante, Romney ganha força em corrida eleitoral

Na semana passada, o ex-governador de MA disse que vetaria qualquer medida que beneficie os estudantes indocumentados do país, citando o projeto 'Dream Act' como exemplo

Os eleitores do estado americano onde as placas dos veículos trazem a inscrição "viva livremente ou morra" votam em breve no republicano que julgam mais apto para concorrer à eleição presidencial de novembro deste ano.

A defesa do Estado mínimo que tanto empolga New Hampshire é o tom da campanha de todos os candidatos aqui, mas as pesquisas indicam que o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney se consolida como favorito, embora os rivais tenham crescido nos últimos dias.  Romney já ganhou a disputa em Iowa, o primeiro Estado a fazer a prévia, mas teve apenas oito votos de vantagem, segundo a Agência Folha.

Na semana passada, Romney disse que vetaria qualquer medida que beneficie os estudantes indocumentados do país, citando o projeto ‘Dream Act’ como exemplo. Em campanha pelo colégio eleitoral de Iowa, Romney foi indagado se recusaria assinar uma proposta semelhante ao Dream Act. "A resposta é sim", disse Romney, prontamente. O presidenciável já tinha afirmado a oposição ao projeto em oportunidades anteriores, citando que não era a favor de legalizar jovens imigrantes pelo bom desempenho escolar, e nem mesmo oferecer facilidades para os mesmos adentrarem à universidade. Porém, foi a primeira oportunidade que o ex-governador de Massachusetts foi incisivo ao opinar sobre a medida para o eleitorado conservador de Iowa.

INCENTIVO

Resultados positivos impulsionam o círculo virtuoso que os analistas políticos chamam de 3 Ms: "money, media e momentum" (financiamento, atenção da mídia e impulso na campanha).

Nacionalmente, ainda segundo o "Real Clear Politics", o ex-presidente da Câmara Newt Gingrich tem perdido votos. As pesquisas o apontavam como primeiro colocado na preferência nacional até terça da semana passada. Desde então, Santorum alcançou o segundo lugar e Romney cresceu, o que posicionou Gingrich no terceiro posto. Segundo a última pesquisa CBS, Romney lidera (19%), seguido por Gingrich (15%) e Santorum (14%). Como a margem de erro é de três pontos percentuais, a pesquisa mostra empate.

O diretor local de operações da campanha de Gingrich, Sam Pimm, afirmou que sua estratégia é diferenciar o candidato dos demais, mostrando que ele é o "verdadeiro conservador".

"Gingrich é o que representa o legado do [ex-presidente] Ronald Reagan [1981-1989], com defesa de Estado enxuto, menos impostos, defesa nacional forte e valores tradicionais pró-vida e família", disse.

Fonte: (da redação)