Publicado em 29/01/2012 as 12:00am

Estudo mostra importância dos imigrantes na economia no Texas

A concessão de "status" legal aos imigrantes indocumentados que vivem em uma das maiores áreas metropolitanas do Texas geraria cerca de 1,4 bilhões de dólares

A concessão de “status” legal aos imigrantes indocumentados que vivem em uma das maiores áreas metropolitanas do Texas geraria cerca de 1,4 bilhões de dólares, por ano, em receitas e tributos para os cofres públicos, tanto estadual quanto federal.  Esta análise foi divulgada por um grupo empresarial de Houston.

O relatório desenvolvido a partir da necessidade de mostrar para as autoridades a importância da reforma nas leis de imigração na economia do país. Para o presidente do The Greater Houston Partnership, Jeff Moseley, o atual momento é o mais propício para abrir caminho para a legalização. “Imagine se os milhões de indocumentados pagassem seus impostos, o quanto isso não significaria em receitas para o Estado e para o país”, indaga.

Mesmo tentando mostrar de forma positiva a presença dos imigrantes no país, o relatório sofreu algumas críticas por parte daqueles que defendem uma lei mais rigorosa no combate à imigração ilegal.

O relatório mostra que existem 132 mil imigrantes indocumentados na área de Houston e que seus empregadores pagassem os impostos, a estimativa é de US$7 bilhões em salários e vencimentos. Isso daria um impulso muito grande na economia e no desenvolvimento. Para chegar à conclusão, os pesquisadores utilizaram informações a partir de 2008 e cedidas pelo Pew Hispanic Center.

Os dados mostram, ainda, que os imigrantes indocumentados produziram uma receita de US$1,58. Isso significa mais do que eles custaram em serviços sociais para o estado, que foi de US$ 1,16 bilhões.

Fonte: (Texto: Luciano Sodré)