Publicado em 6/03/2012 as 12:00am

Senado da Georgia aprova projeto anti-imigrante

O projeto visa barrar a entrada de imigrantes indocumentados em colégios estaduais, universidades e escolas técnicas

O Senado da Georgia aprovou na segunda-feira (05), um plano para barrar a entrada de imigrantes indocumentados em colégios estaduais, universidades e escolas técnicas. Chamado de Senate Bill 458, a lei foi aprovada por 34 votos a favor e 19 contrários. Também serão ajustadas algumas leis relacionadas à imigração ilegal no estado.

O projeto segue agora para a Câmara dos Deputados Estaduais. Em janeiro, um comitê da Casa realizou uma audiência para discutir um projeto que impediria a aceitação de estudantes indocumentados em instituições de ensino, mas seus membros não votaram a lei.

O defensor do projeto, senador Barry Loudermilk (R-Cassville), disse que apesar do assunto ter despertado controvérsia, a lei visa apenas corrigir alguns erros no que tange cuidar da imigração ilegal. “Não se trata de uma questão educacional e sim dos benefícios que as pessoas indocumentadas estão conseguindo obter dos nossos governos”, explicou.

Os democratas que foram contrários ao projeto, divulgaram um relatório onde afirmaram que a lei é desnecessária, injusta e prejudicial para a economia do estado. O senador Vincent Fort (D-Atlanta). Afirmou que aumentar o número de estudantes graduados significa colocar mais profissionais no mercado de trabalho “e isso gera mais impostos e aumento na renda”. Para ele, negar acesso ao ensino superior para os estudantes indocumentados vai custar caro para Georgia, a longo prazo.

Fonte: (Texto por Luciano Sodré)