Publicado em 2/04/2012 as 12:00am

Obama anuncia redução no tempo de espera para Green Card

Obama anuncia redução no tempo de espera para Green Card

A administração Obama está propondo tornar mais fácil o caminho para legalizar os imigrantes indocumentados que são parentes em primeiro grau de cidadãos dos Estados Unidos, que vivem no país. Essa medida beneficiaria mais de um milhão de pessoas que vivem ilegalmente e tem em seu meio familiar um membro que é estadunidense.

Esta nova regra será apresentada pelo Departamento de Segurança Interna (DHS, sigla em inglês), nesta segunda-feira (02), e terá como objetivo reduzir o tempo que os imigrantes foram separados de seus familiares cidadãos dos EUA. A notícia foi divulgada por funcionários do departamento de imigração.

Isso porque, atualmente, os imigrantes que aplicam para o “Green Card”, precisam deixar o país para aguardar o processo de legalização. Maioria destas vezes, eles acabam ficando anos separados de seus familiares, devido às burocracias do sistema. A ideia do presidente Barack Obama é reduzir este período de separação.

A proposta é o último passo do governo para usar seus poderes executivos no sentido de revisar os procedimentos de imigração, sem alterar a lei. Ela reflete um esforço do presidente para melhorar sua posição entre os eleitores latinos, haja vista que não cumpriu a promessa feita na campanha de 2008, quando afirmou que faria a Reforma Imigratória.

O presidente tem se esforçado para ajudar o caminho da legalização dos imigrantes, mas tem sido barrado tanto no Senado quanto na Câmara. Ele tentou impulsionar a aprovação do “Dream Act”, que legalizaria milhares de estudantes matriculados em escolas públicas com anseio de seguir os estudos, entrando em uma faculdade. Mas não obteve sucesso devido a falta de apoio no Senado, em dezembro passado.

Muitos imigrantes que procurar se legalizem, acabam desistindo devido às dificuldades e o rigor do processo, mediante as leis de imigração em vigor. A intenção de Obama é eliminar algumas burocracias e tornar o caminho para a legalização mais rápido. Atualmente, os imigrantes que entraram nos Estados Unidos com visto, e ultrapassaram os seis meses de permanência, só poderão entrar no país novamente depois de três anos. Já os que ultrapassaram um ano, são obrigados a ficar fora por 10 anos.

A advogada de imigração Lisa Battan afirmou que as leis de imigração atuais “incentivam as pessoas a permanecerem ilegais”. Ela explica que enquanto não foram alteradas algumas normas, o país continuará na inércia no que diz respeito analisar um dos assuntos mais importantes – a imigração.

Do outro lado, os republicanos criticam a atitude de Obama, afirmando que isso não passa se estratégia política. Já o diretor do US Citizenship and Immigration Services, Alejandro Mayorkas, afirma que o presidente não está alterando o padrão para a obtenção do Green Card e sim, “reduzindo o tempo de separação entre as famílias”.

A proposta será apresentada na segunda-feira, e os cidadãos terão até 60 dias para comentar a mudança. Depois da data será decidido o que fazer.

Fonte: (DA REDAÇÃO)