Publicado em 15/04/2012 as 12:00am

Os republicanos acusam o presidente de falar sobre Reforma Imigratória apenas em época de eleição

Os republicanos acusam o presidente de falar sobre Reforma Imigratória apenas em época de eleição

Em uma entrevista bastante eloquente, no sábado (14), o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assumiu mais uma vez o seu compromisso com os milhões de imigrantes indocumentados que vivem no país ilegalmente. Ele afirmou que no início de seu segundo mandato fará acontecer a reforma imigratória. “Esse é um assunto que eu me preocupo profundamente”, disse acrescentando que para isso precisa da ajuda do Congresso.

O presidente disse, ainda, que trabalhará em cima do assunto ainda este ano, mas que não a falta de apoio por parte dos republicanos tem sido o maior entrave para que a reforma entre realmente em discussão. “Todos precisam mudar a maneira de pensar sobre a imigração e está na hora de termos um debate importante sobre esta questão”, ressaltou criticando o seu adversário na corrida pela reeleição, Mitt Romney, de ser muito extremista quando trata sobre a vida dos imigrantes indocumentados.

Já do outro lado, os assessores de Romney falam que o presidente Obama só toca no assunto quando está em busca de votos. “Ele prometeu que no início do seu mandato iria resolver o problema, mas três anos se passaram e até agora estamos aguardando o seu plano de imigração”, disse o porta-voz de Romney, Andrea Saul.

Os hispânicos forma um bloco eleitoral que está se tornando cada vez mais importante nas decisões eleitorais dos Estados Unidos e Obama conquistou a maioria dos votos latinos na campanha em 2008. Ele espera agora conseguir a mesma façanha, só que terá um trabalho mais difícil, pois todos o apoiaram esperando a Reforma Imigratória. “Eu assumo o compromisso e no primeiro mês do segundo mandato farei acontecer a reforma”, afirmou.

Fonte: (Texto por Luciano Sodré)