Publicado em 2/07/2012 as 12:00am

Imigrante é condenado à prisão perpétua por estupro cometido em 2006

Um dos imigrantes que entrou para a lista dos mais procurados em Tulsa, em Oklahoma, foi condenado a prisão perpétua por um crime de estupro cometido em 2006. Juan Gabriel Choxmis, 31 anos, natural da Guatemala, entrou ilegalmente nos Estado

da redação

@

Um dos imigrantes que entrou para a lista dos mais procurados em Tulsa, em Oklahoma, foi condenado a prisão perpétua por um crime de estupro cometido em 2006. Juan Gabriel Choxmis, 31 anos, natural da Guatemala, entrou ilegalmente nos Estados Unidos em 2002 e agora luta para ser deportado ao seu país de origem a ter que cumprir a pena.

Segundo os registros policiais de Tulsa, ele foi acusado, em 2006, por ter estuprado uma mulher de 23 anos de idade, em dezembro de 2005. A vítima, que era vizinha do acusado, relatou que Gabriel a atacou enquanto os seus dois filhos pequenos dormiam, em um quarto ao lado do dela.

Ele estava preso desde o início de 2011 e na terça-feira, 26 de junho, o juiz distrital Bill Musseman, determinou a prisão perpétua do imigrante. Mas no dia seguinte, a defesa de Gabriel apresentou uma moção alegando que o acusado não sabia o que estava fazendo e solicitou que a sua deportação para a Guatemala.

O juiz, então, resolveu marcar uma nova audiência, para 11 de julho, onde decidirá o que fazer em relação ao apêlo do acusado.

Fonte: Brazilian Times