Publicado em 2/07/2012 as 12:00am

Procurada por tráfico de crianças, brasileira é deportada

Uma mulher procurada pela acusação de envolvimento no tráfico de crianças, no Brasil, foi entregue às autoridades brasileiras na semana passada. Vânia Maria Plase, 47 anos, foi presa ao tentar atravessar a fronteira dos Estados Unidos com com o México, no

Uma mulher procurada pela acusação de envolvimento no tráfico de crianças, no Brasil, foi entregue às autoridades brasileiras na semana passada. Vânia Maria Plase, 47 anos, foi presa ao tentar atravessar a fronteira dos Estados Unidos com com o México, no Arizona, em Janeiro deste ano.

Ela estava em um centro de detenção para imigrantes em Phoenix, desde a sua prisão. Mas em abril, as autoridades de imigração foram notificadas, através da embaixada dos Estados Unidos, em Brasília, de que havia uma ordem de prisão contra a brasileira. Imediatamente iniciou-se o processo de deportação para entregá-la à Justiça do Brasil.

Vânia é natural de Governador Valadares (Minas Gerais) e foi deportada ao Brasil, na semana passada, em um avião comercial e sob uma forte escolta feita por policiais norte-americanos. Ela foi entregue para as autoridades brasileiras no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, na manhã de quarta-feira (27).

Segundo o assistente jurídico do escritório local do Immigration and Customs Enforcement (ICE), Ryan Goldstein, este tipo de prisão faz parte do programa chamado de ERO, que visa tirar de circulação imigrantes criminosos, procurados em seus países de origem.

Desde 1º de outubro de 2009, quando o programa foi implantado, foram presos e deportados 455 imigrantes que eram procurados em seus países por diversas acusações, entre elas estupros, sequestros e assassinato. O ERO trabalha através de uma parceria com os escritórios do ICE, consulados de vários países e a Interpol.

Fonte: Brazilian Times