Publicado em 9/07/2012 as 12:00am

Senado da California proíbe polícia de verificar status de imigrantes

O Senado da California aprovou na quinta-feira (05), uma lei que visa proteger os imigrantes indocumentados da verificação de seus "status" por parte da polícia. A medida também é um desafio à perseguição republicana imposta por outros estados no combate

da redação

O Senado da California aprovou na quinta-feira (05), uma lei que visa proteger os imigrantes indocumentados da verificação de seus "status" por parte da polícia. A medida também é um desafio à perseguição republicana imposta por outros estados no combate à imigração ilegal.

A lei foi aprovada por 21 votos a favor e 13 contrário e recebeu o apelido de California Trust Act. A função básica e proibir que a polícia verifique dados imigratórios dos detidos e compartilhar com o escritório de imigração. A única excessão é que esta pessoa tenha sido condenada por algum crime violento.

O projeto também limita as detenções injustas de membros da comunidade imigrante que não representem perigoso à sociedade e segurança pública, além de serem onerosas para os cofres públicos.

Cerca de 100 grupos imigrantes divulgaram apoio ao projeto, além de chefes de polícias e prefeitos de várias cidades da California. A lei foi aprovada pelos deputados por 47 a 26 e agora que passou pelo Senado, e agora voltará para a Assembléia antes de ir para o gabinete do Jerry Brown.

A medida visa criar um modelo nacional para contrariar leis semelhantes a do Arizona e combater a discriminação racial. Ao passar este projeto de lei, a California não só afronta o Arizona, como a Georgia, Indiana, Carolina do Sul e Utah, que adotaram combater com maior rigor a imigração ilegal.

Este projeto também tem como objetivo combater o Secure Community, o qual é comparado à lei do Arizona, e que foi ativado em todos os estados norte-americanos.

Fonte: Brazilian Times