Publicado em 27/08/2012 as 12:00am

Governo dos EUA se preocupa com fraudes a imigrantes

A lei que prevê a possibilidade de autorização de trabalho a imigrantes que vieram jovens ao país mal entrou em vigor e o governo americano já está preocupado com a quantidade de pessoas não autorizadas à prática da lei americana que acabam se aproveitand

da redação

A lei que prevê a possibilidade de autorização de trabalho a imigrantes que vieram jovens ao país mal entrou em vigor e o governo americano já está preocupado com a quantidade de pessoas não autorizadas à prática da lei americana que acabam se aproveitando daqueles que procuram uma oportunidade barata na maioria das vezes por não saberem falar a língua inglesa.

A prática não autorizada da lei é normalmente feita por consultantes de imigração ou notários da mesma nacionalidade dos clientes, e embora possa parecer uma boa ideia, o barato pode sair caro e pelo desconhecimento jurídico de um notário, que apenas tem qualificação para fazer trabalhos de natureza administrativa simples, o imigrante que pretendia atingir um sonho acaba entrando em um verdadeiro pesadelo.

O governo americano tem procurado alertar a população tentando dar direção àqueles que por tanto tempo procuram uma oportunidade para trabalhar e serem reconhecidos legalmente pelo estado.

São requisitos para o benefício da nova lei:

·Ter entrado com menos de 16 anos nos Estados Unidos;

·Ter pelo menos 15 anos de idade (com algumas exceções);

·Não ter completado 31 anos de idade até a data de 15 de junho de 2012;

·Ter estado fisicamente presente nos Estados Unidos em 15 de junho de 2012;

·Ter entrado nos Estados Unidos sem inspeção antes de 14 de junho de 2012 ou o status do visto legal expirou na data;

·Estar estudando ou tenha certificado de graduação ou GED;

·Nunca ter sido condenado por nenhum crime grave ou 3 ou mais crimes de menor gravidade.

Podem se candidatar inclusive aqueles que já tem ordem de deportação do juiz ou estejam em procedimentos de deportação. É bom lembrar que o preenchimento dos requisitos não é automático e a decisão é discricionária. Isso significa que o juiz vai decidir caso a caso com base no que for apresentado a ele, portanto é importante repisar no fato de que é bom procurar ajuda profissional antes de apresentar a documentação para ter certeza de que estará perfeita.

A taxa de preenchimento cobrada pelo governo é de $465 no total. Devem ser provados todos os requerimentos da lei com apresentação de uma boa defesa que esteja com a história bem encadeada para conseguir a chance de permanecer no país.

Aqueles que tiverem os pedidos negados poderão ser colocados em procedimentos de remoção, por isso tamanha a importância de procurar ajuda profissional.

A deportação é real, e deve ser ainda mais levada à sério por aqueles que vieram tão jovens com seus pais que vieram a buscar uma vida mais estável e confortável para suas famílias, e certamente não se sentiriam em casa se fossem removidos para a terra em que nasceram, mas que não pretendiam voltar tão cedo.

Se você ou alguém que você conheça preenche as condições observadas para o pedido da ação ou apenas deseja obter mais informações, ligue de segunda à sexta entre 8:30 AM e 5:00 PM para (617) 413-1244 e fale diretamente com a advogada Danielle Nascimento ou envie um e-mail para Juliana Machado com a sua pergunta para jpm@macmurrayassociates.com

Fonte: Brazilian Times