Publicado em 1/10/2012 as 12:00am

Prefeito em Maine pede para imigrantes esquecerem suas origens

O prefeito de Lewiston, em Maine, deu uma declaração polêmica sobre sua opinião a respeito das comunidades imigrantes que existem em sua cidade e nas demais localidades no estado. Ele disse que os imigrantes devem "deixar suas culturas na porta se quiser

da redação

O prefeito de Lewiston, em Maine, deu uma declaração polêmica sobre sua opinião a respeito das comunidades imigrantes que existem em sua cidade e nas demais localidades no estado. Ele disse que os imigrantes devem "deixar suas culturas na porta se quiser entrar no país".

O que o prefeito quis dizer é que os imigrantes devem esquecer suas origens e se adaptar à cultura norte-americana. "Se vocês querem mesmo morar em nosso país, vocês devem esquecer de onde vieram e viver os nossos costumes", afirmou em uma entrevista que gerou uma grande polêmica.

De acordo com pesquisas, a população imigrante soma mais de 10% da população de Lewiston e o prefeito ressaltou que "não importa se é negro, branco ou amarelo, pois o que ele dá valor é nas pessoas que assimilam a cultura de seu país e deixam de lado as suas origens".

O prefeito foi mais além quando declarou que os imigrantes não devem tentar inserir as suas culturas nos Estados Unidos. Apesar dele não citar sobre o que estava falando, muitos acreditam que ele se referia a eventos que promovem outros costumes nas terras norte-americanas.

Como exemplo ele citou os imigrantes da Somália, que promovem festas, reuniões e tentam pregar a cultura de seu país na cidade. "Se eles gostam tanto e sentem falta de seus costumes, o que estão fazendo aqui", disse.

Fonte: Braziliantimes