Publicado em 15/10/2012 as 12:00am

Prefeito de Los Angeles quer carteira de identidade para imigrantes

Os imigrantes teriam acesso a serviços públicos em Los Angeles mediante uma proposta apresentada pelo prefeito Antonio Villaraigosa. Ele quer criar um cartão de identificação oficial, com foto, o qual pode ser usado, também como um cartão pré-pago ATM.

da redação

Os imigrantes teriam acesso a serviços públicos em Los Angeles mediante uma proposta apresentada pelo prefeito Antonio Villaraigosa. Ele quer criar um cartão de identificação oficial, com foto, o qual pode ser usado, também como um cartão pré-pago ATM.

O prefeito disse que seu plano é semelhante aos programas existentes em San Francisco e Oakland, onde os cartões de identificação são emitidos para quem provar que mora na cidade, independente do status imigratório. "Será uma identificação oficial", disse ele.

Segundo pesquisas recentes, atualmente, estima-se que 4,3 milhões de imigrantes vivem em Los Angeles.

Alguns defensores dos imigrantes defendem a posição do prefeito e acrescentam que ajudando esta comunidade a abrir uma conta bancária, reduziria a criminalidade, "porque menos pessoas iriam carregar dinheiro nos bolsos".

Além disso, uma identificação oficial torna muito mais fácil para os imigrantes conseguirem outros tipos de benefícios e se identificar para alguma autoridade.

Mas do outro lado, estão os críticos da proposta que afirma que o plano é um abrigo para imigrantes viverem ilegalmente no país. "Los Angeles está se tornando mais fácil para as pessoas que tenham violado as leis federais de imigração", disse Ira Mehlman, Federation for American Immigration Reform, um grupo de oposição à presença dos imigrantes nos Estados Unidos.

Os vereadores discutirão a proposta na terça-feira (16) e para receber o cartão, os imigrantes teriam que atender alguns critérios que não foram divulgados.

O cartão seria parecido com uma carteira de estudante, com foto, endereço, data de nascimento, cor do cabelo e dos olhos, altura e peso. Mas esta identificação não poderá ser usada como carteira de motorista.

Fonte: Brazilian Times