Publicado em 13/02/2013 as 12:00am

Estudantes indocumentados querem Dream Act em NY

O prefeito da cidade de New York, Michael Bloomberg, também creditou seu voto de apoio ao projeto

Hoje, dia 13 de Fevereiro, um grupo de estudantes indocumentados em New York, estará realizando uma marcha até a cidade de Albany, onde pretendem pressionar os legisladores para que aprovem o projeto “New York DREAM Act”, que lhes permite dar seguimento aos estudos.

Segundo dados fornecidos pelo New York State Leadership Council, principal grupo que está por trás deste movimento, “anualmente, milhares de jovens concluem o ensino médio e são impedidos de continuar os estudos devido à falta de documentos”. Os manifestantes denunciam que durante anos o Governo Federal falhou em aprovar o “Dream Act” e que agora é a hora do estado de New York agir e passar este projeto.

A manifestação em prol desta aprovação começou com o pé direito e recebeu o endosso da presidente da Câmara Municipal de NY, Christine Quinn. Durante um discurso, ela insistiu que o projeto seja aprovado pelos legisladores.

“Nós celebramos o compromisso com o apoio à aprovação desta lei que abre caminho para que jovens possam seguir no ensino superior em New York”, clamou Ana Maria Archila, co-diretora executiva do Make a Road New York, um grupo com fortes raízes de apoio à jovens imigrantes

O prefeito da cidade de New York, Michael Bloomberg, também creditou seu voto de apoio ao projeto. Ele explicou que as crianças que foram trazidas pelos pais de forma ilegal, não devem pagar por estes erros. “Elas vivem nossa cultural, aprenderam na escola sobre a nossa história, não é justo que a privemos de continuar estudando e aprendendo, para no futuro ser um profissional capaz de contribuir para o crescimento do país”, ressaltou.

Para mais informações sobre o projeto e as manifestações acesse o site www.nysylc.org.

Fonte: (Texto por Luciano Sodré)