Publicado em 2/04/2013 as 12:00am

Senador pede cautela sobre lei da imigração nos EUA

Ao mesmo tempo em que vários senadores apareceram neste domingo em programas de TV para falar do esforço para mudar a lei de imigração nos Estados Unidos, dando um tom mais otimista à questão, o senador republicano Marco Rubio pediu cautela: "Não houve ai

da redação

Ao mesmo tempo em que vários senadores apareceram neste domingo em programas de TV para falar do esforço para mudar a lei de imigração nos Estados Unidos, dando um tom mais otimista à questão, o senador republicano Marco Rubio pediu cautela: "Não houve ainda nenhum acordo sobre a legislação de imigração", disse, em comunicado divulgado hoje. Rubio faz parte do grupo bipartidário que está discutindo a questão, diz reportagem de hoje do jornal The New York Times.

"Sinto-me encorajado pelos relatos de acordo entre grupos de empresários e sindicatos sobre a questão dos trabalhadores. No entanto, os relatos de que o grupo bipartidário de oito senadores chegou a um acordo sobre a proposta legislativa são prematuros", afirmou Rubio.

O senador se refere a notícias veiculadas no sábado de que a coalizão sindical norte-americana AFL-CIO e a Câmara do Comércio dos Estados Unidos chegaram a um acordo sobre um programa para trabalhadores com pouca qualificação profissional que colocava em risco uma ampla reforma na lei de imigração.

Com o acordo, foi removido o principal obstáculo à conclusão de uma reforma na lei de imigração que prevê, entre outras coisas, melhorar a segurança na fronteira, a fiscalização dos empregadores, e a imigração legal, além de criar um mecanismo para que os cerca de 11 milhões de imigrantes ilegais que hoje vivem nos EUA possam obter cidadania, segundo informações divulgadas também pela Associated Press.

Fonte: Brazilian Times