Publicado em 12/04/2013 as 12:00am

Candidatos ao Senado dos EUA, por Massachusetts, discutem imigraçãoilegal

Os três candidatos republicanos que disputam uma vaga no Senado dos Estados Unidos, por Massachusetts, estiveram reunidos na quarta-feira (10), para discutir algumas questões que consideram importantes para o país.

da redação


Entre os assuntos estava a questão da imigração ilegal e uma provável reforma imigratória.

Os candidatos são Daniel Winslow (deputado estadual), Gabriel Gomez (empresário) e Michael Sullivan (ex-procurador do estado). As opiniões deles sobre a imigração foram diferentes.

Gomez, filho de imigrantes colombianos, afirmou que um projeto de reforma imigratória que abra caminho para a Cidadania deve exigir a verificação de antecedentes criminais e obrigar o candidato a falar inglês e integrar-se no país. Ele ressaltou que o serviço militar também deve ser uma passagem para a obtenção da cidadania.

Já Sullivan reforçou a tese republicana de que primeiro o país precisa proteger as suas fronteiras, para depois pensar em abrir caminho para a legalização. "Somente as pessoas que obedecem as regras dos Estados Unidos é que devem ser beneficiadas caso haja algum projeto", disse. Ele afirmou que uma anistia desencoraja as pessoas de seguirem as leis.

Winslow disse que queria apoiar uma abordagem global para a imigração e que tem algumas soluções para o problema. Para ele, o primeiro passo é tentar resolver como ficam e devem ser tratadas as pessoas que estão ilegalmente no país. "Isso é algo que custará muito aos cofres públicos e leva muito tempo para ser resolvido", acrescenta. Para o candidato, somente depois é que deveriam ser pensados em outros pontos.

Eles estão concorrendo para ocupar a cadeira de Jonh Kerry e do lado democrata estão os deputados Stephen Lynch e Edward Markey. As  primárias acontecem no dia 30 de abril, quando cada partido definirá o seu representante. As eleições para a escolha do novo senador será dia 25 de junho.

 

legenda

Candidatos republicanos ao Senado: da esq. p/ dir.: Dan Winslow, Gabriel Gomez e Michael Sullivan

Fonte: Brazilian Times