Publicado em 4/11/2013 as 12:00am

Greve de fome cobra pela aprovação da reforma imigratória

Greve de fome cobra pela aprovação da reforma imigratória

Militantes que defendem os direitos dos imigrantes nos Estados Unidos e a Reforma Imigratória iniciaram nesta terça-feira (03), um manifesto diante do escritório do Deputado Kevin McCarthy, em Los Angeles (California). A intenção é permanecer acampados no local até o dia 13, quando o Casa realizará a sua última sessão deste ano. McCarthy é o líder da maioria e o terceiro nome mais importante dos Republicanos. Este Manifesto faz parte de um programa iniciado dia 12 de novembro, quando centenas de imigrantes iniciaram um jejum coletivo. Segundo os organizadores, mais pessoas vão aderir ao manifesto e que "eles vão continuar se abstendo de comida e sobrevivendo apenas com água". O presidente do Kern, Inyo and Mono Central Labor Council, Rob England, disse que "a questão da reforma da imigração beneficiará 11 milhões de pessoas". Por isso, ele explica que é importante prestar solidariedade a todos os movimentos pró reforma. Rob fala que o grupo decidiu realizar o manifesto denominado "sit-in" porque há algumas semanas, ele e seus colegas tentaram entrar no mesmo escritório, mas foram impedidos."Tudo o que queríamos fazer era entregar uma carta para ele e ter a nossa ouvida", acrescentou. "Mas infelizmente, ele decidiu se esconder de nós. Nenhum congressista nunca deve bloquear seus eleitores", continua. O objetivo deste protesto é lembrar os legisladores de que a imigração não é apenas uma questão política, mas algo que envolve pessoas e suas vidas.

Fonte: (da redação)