Publicado em 17/03/2014 as 12:00am

Obama determina revisão nas deportações

Obama determina revisão nas deportações

Enquanto não acontece um consenso com o Congresso sobre a Reforma Imigratória, o presidente Barack Obama vem realizando atos com intuito de resolver parcialmente o problema. O anúncio agora foi feito na quinta-feira (13), quando ele determinou uma revisão geral nas deportações. O objetivo, segundo a sua assessoria, é pôr um fim à separação das famílias.

Esta decisão aconteceu depois que ele se reuniu com alguns líderes da comunidade hispânica, entre eles os congressistas Xavier Becerra (California), LUis Gutierres (Illinois) e Ruben Hinojosa (Texas). A reunião aconteceu no salão oval da Casa Branca e tinha por objetivo, também, unir esforços em torno da Reforma.

Em um comunicado oficial, a Casa Branca afirmou que “o presidente está preocupado e se sente abalado com a dor sofrida pelas famílias que perdem seus entes queridos durante uma deportação”.

O presidente solicitou ao Secretário de Segurança Nacional, Jeh Johnson, que fosse realizado um inventário sobre as práticas de deportação. Ele quer que todos os casos sejam analisados e “encontrados meios para aplicar a lei de imigração de forma mais humana”.

O presidente também ressaltou a sua satisfação pela luta da comunidade latina em prol da Reforma Imigratória e disse que tem um forte desejo de trabalhar junto para pressionar os republicanos. “Temos que fazê-los entender a necessidade de aprovara este projeto e beneficiar mais de 11 milhões de pessoas que vivem ilegalmente no país, mas querem contribuir ainda mais para o nosso crescimento”, disse.

A reunião na Casa Branca aconteceu com as portas fechadas e segundo informações, o grupo saiu satisfeito e pretende lançar uma campanha para a aprovação da reforma. Um dos congressistas ressaltou que “estão buscando todos os meios para interromper as deportações”.

Fonte: (da redação)