Publicado em 7/05/2014 as 12:00am

Obama muda regra e beneficia imigrantes com Visto H1B

Obama muda regra e beneficia cônjuges de imigrantes com Visto H1B

  

Luciano Sodré

A administração do governo Barack Obama quer legalizar alguns cônjuges de imigrantes portadores do Visto H1B, dado a pessoas altamente qualificadas para trabalhar nos Estados Unidos. A informação foi divulgada pelo Departamento de Segurança Interna (HSI, sigla em inglês), nesta terça-feira (06).

Segundo as informações, a mudança desta regra será publicada no Diário Oficial da União ainda esta semana e vai beneficiar cônjuges de aproximadamente 100 mil estrangeiros que têm o Visto.

Segundo o vice-secretário do HSI, Alejandro Mayorkas, “as propostas anunciadas na terça incentivarão os imigrantes altamente qualificados  a permanecerem nos Estados Unidos e continuar apoiando as empresas deste país”.

O secretário de Comércio, Penny Pritzker, disse a mudança desta regra ajudaria os EUA a atrair e manter "pessoas de grande talento” que são de outros países. “Este tipo de trabalhador nós precisamos conquistá-lo para que fique em nosso país, contribuindo com os seus conhecimentos”, explicou.

A nova regra é a última de uma série de ações administrativas promovida por Barack Obama no esforço de forçar uma ampla reforma imigratória no Congresso. Os defensores dos imigrantes têm pressionado o presidente para fazer mudanças nas leis de imigração, incluindo barrar todas as deportações até que algo aconteça em relação ao projeto.

Esta regra divulgada na terça-feira não terá impacto nas deportações, mas satisfará, parcialmente, o pedido dos empresários das indústrias de tecnologia, ciência, matemática e engenharia que querem maior facilidade para atrair profissionais de outros países capacitados neste setor.

Os vistos H1B são concedidos a trabalhadores altamente qualificados, a maior parte por empresas de alta tecnologia. No início deste ano, os 85 mil vistos disponíveis para 2015 foram distribuídos em apenas uma semana. A mesma coisa aconteceu no ano passado.

O advogado brasileiro que atua na área de imigração, Danilo Brack, disse que com esta medida, Obama deu sinais de seriedade as mudanças. Para ele, o próximo passo nesta área, será o aumento da quota de vistos H1B, de familiares de cidadãos americanos e residentes permanentes, e a extensão da qualificação de Waivers  (perdões) a filhos cidadãos que fazem o pedido. “Hoje, somente pais e cônjuges podem requerer o perdão para os filhos e cônjuges”, disse. “As pressões estão surtindo efeito”, concluiu.

Fonte: (da redacao)