Publicado em 8/12/2014 as 12:00am

Republicanos decidem preparar reforma ampla imigratória para 2015

Com o propósito de melhorar a imagem diante do eleitorado latino, os Republicanos começaram a traçar metas para que isso aconteça.

Com o propósito de melhorar a imagem diante do eleitorado latino, os Republicanos começaram a traçar metas para que isso aconteça. O objetivo deles é lutar em igualdade nas eleições presidenciais de 2016 e por isso um dos caminhos mais viáveis é promover o projeto de uma ampla reforma nas leis de imigração.

O primeiro passo será o de reforçar a fronteira com o México, para bloquear a onda de imigração e desencorajar os imigrantes que optam por atravessar o local para chegar aos Estados Unidos. Esta medida será aplicada em 2015 e segundo assessores dos líderes na Câmara dos Deputados, isso poderá acarretar em outras medidas que atualizarão partes do sistema imigratório do país.

O chefe do Comitê do Departamento de Segurança Interna (DHS, sigla em inglês), Michael McCaul, disse que vai supervisionar a decisão dos republicanos. Ele é um dos defensores de uma lei mais severa e que imponha padrões rigorosos para as detenções nas fronteiras.

O senador republicano John McCain, um dos líderes do movimento pró reforma afirmou que projetos de lei que aumentem a segurança nas fronteiras, promovam um sistema online que permita às empresas verificarem o status migratório dos seus trabalhadores e expandir o número de vistos para profissionais altamente qualificados na área tecnológica deveriam ter prioridade. “Os dois últimos quesitos são importantes para os empresários norte-americanos”, explicou ele.

Fonte: Da Redação