Publicado em 15/12/2014 as 12:00am

Aplicações para programa migratório começa em fevereiro

Os primeiros beneficiados serão os que se encaixam no programa DACA e depois os imigrantes que se qualificam para o DAPA

A Casa Branca não está nem um pouco incomodada com a onda de ameaças de processos por parte dos republicanos em cima da Ordem Executiva de Obama para a imigração. Na quinta-feira (11) depois que o porta-voz da Câmara dos Deputados, John Boehner, prometeu desafiar a ação do presidente, funcionários da Casa Branca apresentaram mais detalhes sobre como será o processo.

Segundo as informações, os beneficiados pelo “Deferred Action for Childhood Arrival (DACA)” poderão aplicar em meados de fevereiro e os qualificados para o “Deferred Action for Parental Accountability” (DAPA) em meados de maio. Esta informação foi divulgada por Leon Rodriguez, diretor do Departamento de Serviços de Imigração e Cidadania (USCIS).

Mesmo diante das discussões sobre o bloqueio das ações executivas, “estamos confiante que isso é completamente legal e será feito”, afirmou Cecília Muñoz, a chefe de política doméstica e conselheira de Obama. Ela fez a afirmação aos repórteres durante uma teleconferência à mídia latina.

Durante uma coletiva de imprensa, Boehner (R-Ohio) comentou que combater as ações executivas de Obama está entre as prioridades do próximo Congresso. O Partido Republicano vai liderar as duas câmaras em 2015 e isso fortalecerá a oposição. “Nós levaremos essa briga até o presidente”, afirmou.

Em recente pesquisa realizada pelo Instituto Gallup revelou que 51% dos americanos desaprovam, em contraste com 41% que aprovam as ações de Obama na imigração. Entretanto, a maioria dos negros e latinos apoia, sendo 64% contra 28% para os latinos e 68% contra 24% para os negros.

Os representantes da Casa Branca alertaram para detalhes na ação executiva: Nada ainda vigora. Para evitar ser vítima de golpes, os beneficiados pelo DACA e DAPA devem tomar cuidado com os indivíduos que oferecerem “ajuda” no processo. Os detalhes sobre as aplicações serão postados no website oficial do CIS.

Indivíduos fora do país não qualificam e todos os imigrantes indocumentados que chegaram recentemente serão considerados prioridade para deportação. Os imigrantes elegíveis devem viver continuamente nos EUA por pelo menos 5 anos e preencher outros requisitos.

Os residentes legais permanentes (green card) poderão pagar a tarifa da aplicação para a naturalização com o cartão de crédito.

Os imigrantes que aplicarem para os programas DACA e DAPA em 2015 deverão receber o benefício, com validade de 3 anos, até 2016. A administração está compilando uma lista de documentos necessários para provar elegibilidade.


Fonte: Da Redação