Publicado em 8/02/2015 as 12:00am

NY vai punir quem der golpe em imigrantes

As penas serão mais severas para golpistas e estelionatários que fizerem imigrantes de vítimas

Entrou em vigor na segunda-feira (02), uma lei que pune com mais rigor os golpistas que se aproveitarem de imigrante que buscam ajuda em relação a assuntos de imigração. Isso aconteceu graças às novas proteções e direitos aos imigrantes estabelecidas pela “New York state’s Immigration Assistance Service Enforcement Act”.

A lei se aplica principalmente a serviços de “notários públicos”, pois em espanhol a expressão notário significa advogado e muitos se iludem com isso. Quem se apresentar falsamente como consultores especializados ou habilitados para atuar nos novos programas e questões imigratórias serão duramente punidos.

Baseado na nova lei, o ato de enganar as pessoas que buscam questões legais sobre imigração será considerado crime. Nos últimos meses este tipo de ação aumentou consideravelmente, em razão da Ordem Executiva anunciada pelo Presidente Barack Obama, que entra em vigor este mês. Ela vai proteger os imigrantes que se encaixam nas novas regras imigratórias. Pois muitos, desinformados, estarão à mercê dos “lobos” que surgirão para se aproveitarem da boa fé das pessoas.

Ativistas comunitários afirmam que muitos notários públicos tiram proveito das diferenças culturais, mesmo não tendo permissão para dar conselhos legais ou representar casos em Cortes de Imigração. Além de serem punidos com maior rigor, eles estão proibidos de fazer ameaças aos imigrantes indocumentados.

Todos os estados norte-americanos têm meios de proteger as pessoas contra este tipo de crime, conforme informou o Departamento de Segurança Interna (DHS, sigla em inglês). Mas esta lei nova-iorquina é única, pois determina a criação do Departamento dos Novos Americanos, o qual tem por objetivo fomentar e melhorar o bem estar dos imigrantes.

A lei, que se chama “Immigration Assistance Service Enforcement Act”, tem apoio do Senador Rubén Diaz e do Deputado Marcos Crespo, foi assinada pelo Governador Andrew Cuomo em agosto do ano passado.

Fonte: Da Redação

Top News