Publicado em 15/04/2015 as 12:00am

Senado fecha acordo sobre nova lei de imigração

A proposta será apresentada na terça-feira, dia 16, segundo o democrata Dick Durbin

da redação
Quatro senadores democratas e quatro republicanos chegaram a um acordo sobre os principais elementos de um projeto para reformar as leis que regulamentam a imigração nos Estados Unidos, que esperam divulgar na próxima semana, confirmaram os legisladores e assessores nesta quinta-feira (11).
Após meses de difíceis negociações a portas fechadas, os senadores não tinham mais temas para discutir que exigissem a presença deles, por isto já não restavam mais sessões de negociação programadas. Os detalhes complementares foram deixados para os assessores, que continuam trabalhando para completar o esboço do projeto de lei.
"Todos os assuntos que merecem ser examinados pelos membros (da câmara alta) já foram tratados", disse o senador democrata Chuck Schumer em um comunicado."Tudo o que falta é a redação do esboço".
Seu colega democrata Dick Durbin disse que o projeto de lei provavelmente será apresentado nesta terça-feira (16).
A legislação histórica reestruturaria os programas que regulamentam a imigração legal, penalizaria os empregadores que contratem as pessoas que se encontram nos Estados Unidos sem autorização, impulsionaria a segurança da fronteira e colocaria 11 milhões de imigrantes que não possuem permissão para estar no país no caminho para obter sua cidadania.
Esta lei, uma das prioridades do presidente Barack Obama em seu segundo mandato, implantaria as mudanças mais abrangentes às leis americanas sobre imigração em mais de um quarto de século.
No último dia foram fechados acordos em torno de um novo programa sobre trabalhadores agrícolas e de vistos para trabalhadores altamente especializados, eliminando-se assim os últimos obstáculos que restavam em relação à lei.
Agora se aproxima a fase pública. Nela, os eleitores e outros legisladores examinarão a medida.

Fonte: achei usa