Publicado em 27/09/2015 as 12:00am

Nova regra pode impedir imigrante de viajar de avião nos EUA

O Real Act ID entrará em vigo em 2016 e obrigará os viajantes a apresentar um documento secundário para poder embarcar

Da redação

Imigrantes dos estados de New York, New Hampshire, Minnesota, Louisiana e American Samoa estão preocupados com a medida anunciada pelo Departamento de Segurança Interna (DHS, sigla em inglês).

O Real ID Act foi promulgado em 2005 e desde então vem sendo implementado em vários setores da comunidade. Mas em 2016, ele atingirá um ponto polêmico, pois afetará quem precisa viajar de avião. Através da nova medida, somente a carteira de motorista não será mais aceita como identificação. Será preciso a apresentação de um documento secundário como Passaporte, Passaport Card, Green Card, identificação militar ou de funcionário do Governo e cartões “trusted traveler”.

A Tranportation Security Administration (TSA) mantém, em seu site, uma lista atualizada das formas aceitáveis ​​de ID. Para checar é só acessar www.tsa.gov

A notícia destas novas regras tem deixado os moradores destes estados apreensivos e preocupados. Mas o DHS ainda não decidiu a data para colocar em vigor nos aeroportos a nova medida.

Entre os que se demonstraram bastante preocupados são os imigrantes que possuem carteira de motorista, mas não têm outro documento norte-americano para servir como secundário. Caso a lei entre mesmo em vigor, muitos ficarão impossibilitados de viajar de avião dentro dos Estados Unidos.

Fonte: Brazilian Times