Publicado em 12/02/2016 as 12:00am

Democrata presidenciável critica política de deportações

O presidenciável convidou a administração do atual presidente para acabar com a repressão aos imigrantes e promover uma abordagem mais centrada e com menos prejuízos para as famílias.

Cada vez mais favorito a concorrer a presidência dos Estados Unidos pelo partido Democrata, Bernie Sanders vê no eleitorado hispânico uma força para alcançar o seu objetivo. Por isso, ele já se prepara para as primárias do dia 20, que acontecerão em Nevada e promoveu um discurso com duras críticas às políticas de deportações do governo Obama.

O presidenciável convidou a administração do atual presidente para acabar com a repressão aos imigrantes e promover uma abordagem mais centrada e com menos prejuízos para as famílias.

Em uma carta enviada ao secretário de Segurança Interna, Jeh Johnson, o deputado pelo Arizona, Raul Grijalva disse que apoia Sanders e argumentou que as autoridades federais não conseguiram seguir a promessa de priorizar a caça a imigrantes considerados perigosos. “Trabalhadores e pais de famílias também foram alvos das batidas de imigração”, afirmou.

Esta carta vem em respostas às preocupações de Sanders e Grijalva sobre a prioridade do programa do Governo em relação a prender de e deportar imigrantes criminosos, lançado em 2014 e que sucedeu o “Comunidades Seguras”. Para dos dois, a maneira como a ação do ICE está sendo imposta é dura e prejudica pessoas de bem.

Sanders ressaltou que também é preocupado e compartilha os mesmos objetivos de apoiar a missão da polícia local em promover a segurança da comunidade, mas que os programas adotados atualmente são fracassados e não geram resultados positivos. “Infelizmente parece que o Departamento de Segurança Interna não seguiu as instruções ditadas no memorando que lançou as ações”, finalizou.

Fonte: braziliantimes.com

Top News