Publicado em 30/03/2016 as 4:00pm

ICE anuncia prisão de 1.133 pessoas

Entre os presos estão 239 imigrantes oriundos de 13 países

Agentes federais anunciaram na segunda-feira (28), a prisão de mais de mil pessoas suspeitas de envolvimento com tráfico de drogas, contrabando de pessoas, tráfico sexual e assassinatos. As prisões ocorreram ao longo de cinco semanas e são frutos de uma megaoperação para encontrar e retirar de circulação pessoas que representem perigo para a comunidade.

A operação, apelidada de “Project Shadowfire”, foi realizada com a cooperação de agentes do US Immigration and Customs Enforcement (ICE), policiais locais e federais.

O resultado deste trabalho culminou na prisão de 1.133 pessoas, incluindo 1.001 criminosos, dos quais 915 são membros de gangues. Entre os presos estão 239 imigrantes oriundos de 13 países da América Central, Ásia, Europa e Caribe. Destes, 132 possuem violações das leis de imigração.

“Esta operação é o mais recente esforço do ICE em aplicar a lei, com um objetivo que foi iniciado há uma década sob a “Operation Community Shield” que tem como alvo prender membros de gangues e pessoas violentas para erradicar a violência”, disse Sarah R. Saldanha, diretora do ICE, através de um comunicado.

Agentes também apreenderam 150 armas de fogo, mais de 20 quilos de narcóticos e mais de US$70 mil em dinheiro, de acordo com uma nota do ICE. Esta operação ocorreu em todo o país, com incidência maior nas áreas de Los Angeles, San Juan, Atlanta, San Francisco, Houston e El Passo.

Fonte: braziliantimes.com