Publicado em 31/03/2016 as 10:50am

Homem joga spray de pimenta em jovem em frente a comício de Trump

Apoiadores e opositores do republicano discutiram em Janesville, Wisconsin. Garota acusa homem de passar a mão nela; outro teria lançado o spray.

A polícia de Janesville, em Wisconsin, nos Estados Unidos, procura um homem que jogou spray de pimenta em uma menina de 15 anos em meio a uma discussão entre apoiadores e opositores do pré-candidato republicano Donald Trump nesta terça-feira (assista ao vídeo acima).

Os comícios do magnata, que lidera as prévias republicanas na corrida pela indicação do partido, costumam reunir multidões. Muitas vezes são interrompidos por manifestantes, retirados por seguranças. Desta vez, a confusão ocorreu do lado de fora do local do comício, onde cerca de mil pessoas protestavam.

A menina contou à polícia que ela bateu em um homem que passou a mão em seu peito e que depois outro homem lançou o spray de pimenta em sua cara. Ela recebeu atendimento médico e depois foi liberada, de acordo com a polícia.

O sargento Aaron Ellis disse à agência Associated Press que a menina pode receber acusações por ter batido no homem, que negou ter encostado nela.

“Ela começou a me questionar por que eu estava no comício de Trump já que eu era um homem crescido. Disse a ela que estava lá porque sou um homem crescido e me preocupo com o meu país”, afirmou Dan Crandall o jornal “Wisconsin State”.

Crandall disse que outra pessoa que estava atrás dele usou o spray de pimenta.

Segundo o policial Ellis, os investigadores têm uma foto que pode ajudar a identificar o homem que jogou o spray de pimenta. Ele aparece na imagem usando um chapéu vermelho com o slogan da campanha de Trump, “Fazer os Estados Unidos grande de novo”.

Ellis disse que o agressor pode receber acusações por usar spray de pimenta ilegalmente, já que não foi por defensa pessoal.

A confusão desta terça ocorre depois de o gerente de campanha de Trump ser preso na Flórida, acusado de agredir uma repórter em um evento de campanha no dia 8 de março.

Todos os cinco pré-candidatos à presidência dos EUA - os democratas Hillary Clinton e Bernie Sanders e os republicanos Trump, Ted Cruz e John Kasich - estão em Wisconsin, estado que realizará suas prévias eleitorais na próxima semana.

 

Fonte: http://g1.globo.com/