Publicado em 14/06/2016 as 7:50pm

Mira homenageia personalidades que defendem imigrantes

Esse é um evento beneficente realizado anualmente com fins de angariar fundos em prol dos imigrantes e refugiados.

Aconteceu na terça-feira, dia 7, no Hotel Fairmont Copley Plaza, em Boston (Massachusetts), a noite de gala da Mira (Massachusetts Immigrant and Refugee Advocacy Coalition). Esse é um evento beneficente realizado anualmente com fins de angariar fundos em prol dos imigrantes e refugiados. Além disso, ele homenageia aqueles que têm feito parte dessa história. 

A Mira trabalha para promover e reforçar os direitos dos imigrantes e refugiados em Massachusetts. A entidade foi fundada em 1987, com mais de 140 membros e tem oferecido ao longo dos anos, assistência com advogados, proteção para a mulher, combate à violência doméstica, assistência para cidadania, educação, housing, etc.

Ela tem sido a voz dos refugiados, que são vítimas da violência em seu próprio país de origem. “Give Liberty a Hand é uma noite especial, para homenagear aqueles, cujo trabalho visa melhorar a vida dos imigrantes e refugiados, dando-lhes direitos e dignidade. Quando isso acontece, todos são beneficiados e a nação se torna cada vez mais forte e sólida”, disse a diretora Eva Millona.

Durante seu discurso, ela fez questão de agradecer inúmeras vezes, a todos aqueles que têm mantido essa fundação. Segundo Eva, é impossível relatar cada nome, mas em seu coração há uma profunda gratidão por cada um.

“Muitos deles assumiram compromisso com a Mira há mais de 29 anos, e até hoje continuam incansáveis guerreiros e conscientes do seu papel nessa trajetória”, continua.

Três homenageados da noite que tem feito um trabalho excepcional foram: Richard E. Holbrook, Presidente do Eastern Bank, tendo como prioridade em sua vida, trabalhar para que haja justiça para todos; a Senadora Elizabeth Warren, que tem dado todo o suporte para a Mira e que em seu discurso destacou “Somos um país de imigrantes e refugiados, fortalecidos pela adversidade. Um país fundado por aqueles que cruzaram o mar, fugindo da perseguição religiosa, em busca de liberdade religiosa. Nós não somos uma nação que recua com medo”.

Por seu formidável trabalho, um dos pontos cruciais para a Senadora é lutar em prol das famílias de baixa renda.

O terceiro nome da noite foi o Presidente-executivo da JVS, Jerry Rubin, que tem sido um exemplo de motivação para toda comunidade, lutando pelos imigrantes e refugiados dessa nação.

Millona concluiu agradecendo pela oportunidade de fazer parte dessa digníssima missão, fazer justiça aos injustiçados, celebrar cada conquista e enfatizou que, juntos, “somos fortes, unidos com um só coração”.

Fonte: Stael Demelo