Publicado em 5/07/2016 as 9:30pm

Brasileira de NH fala da emoção se tornar cidadã dos EUA

Além do Brasil, os países de origem dos novos cidadãos são: Austrália, Canadá, China, Iraque, Irlanda, Polónia e Sudão do Sul.

Noventa e seis imigrantes oriundos de 52 países e cinco continentes receberam as boas-vindas como novos cidadãos dos Estados Unidos, em New Hampshire. A cerimônia de naturalização aconteceu nesta segunda, dia 04, durante os festejos do “Dia da Independência”. Entre as pessoas que juraram a bandeira estava a brasileira Patrícia Janetos, que vive nos Estados Unidos há 20 anos.

Bastante emocionada, ela afirma que agora faz parte 100% do país. “É a melhor coisa. Eu estou muito feliz” disse ela que agora também pode votar e tomar decisão nos assuntos políticos deste país.

Para ela, tornar-se cidadão é um ponto bastante importante em sua vida, pois sua maior vontade era estar ativa, cada vez mais, na sociedade norte-americana. “Agora eu sou uma cidadã”, continuou.

Larry Yerdon, presidente e CEO da Strawbery Banke, pediu aos novos cidadãos para lembrar aqueles que viajaram centenas de quilômetros, através dos oceanos, há muitos anos para iniciar este país. “Colonos desembarcaram pela primeira vez em 1623, no local onde o museu está localizado”, disse. "Esses recém-chegados começaram suas vidas na América que você vê hoje", continuou.

A Senadora Jeanne Shaheen (D-NH), disse que quando ela olhou para os rostos dos novos cidadãos, ela viu a América refletida. “Os Estados Unidos são o país bem sucedido e dinâmico no mundo por causa das contribuições dos imigrantes”, acrescentou.

A senadora pediu aos novos cidadãos para se tornarem participantes e ativos na democracia do país, encorajando-os a votar e incentivando os seus filhos para se tornar presidente dos EUA.

Além do Brasil, os países de origem dos novos cidadãos são: Austrália, Canadá, China, Iraque, Irlanda, Polónia e Sudão do Sul.

Fonte: braziliantimes.com