Publicado em 4/12/2016 as 10:23pm

Construção do muro pode impedir deportações, afirma Paul Ryan

"Não, não estamos trabalhando no sentido de promover uma deportação em massa", disse Ryan

O porta-voz da Câmara de Deputados, Paul Ryan, comentou os planos de imigração do presidente eleito pelos Estados Unidos, Donald Trump, no programa "60 Minutes". A entrevista aconteceu na noite deste domingo e o político deu mais detalhes sobre como o empresário planeja proteger a fronteira.

"Não, não estamos trabalhando no sentido de promover uma deportação em massa", disse Ryan ao apresentador Scott Pelley, da CBS News.

O republicano de Wisconsin enfatizou que quem tem registros criminais seriam o foco das deportações. "Aqui está o que estamos trabalhando com relação à imigração, protegendo nossa fronteira, reforçando nossas leis atuais", disse. "Trump falou sobre imigrantes criminosos. Isso é apenas fazer cumprir as leis. Mas realmente, o que estamos focados é proteger a nossa fronteira", continuou.

Quando Pelley falou que Trump prometeu construir um muro ao longo da fronteira entre os Estados Unidos e o México, Ryan respondeu que "as condições no terreno determinam o que você precisa em uma determinada área".

"Em algumas áreas, você pode precisar de um muro", disse Ryan. "Outras, você pode precisar de dupla proteção. Meu ponto de vista sobre isso é que qualquer tipo de dispositivo ou barreira ou política para proteger a fronteira devemos fazer", continuou.

Durante a primeira entrevista, Trump, no programa "60 Minures", também parecia reduzir seus planos para construir um muro de fronteira, dizendo que uma cerca também seria aceitável em algumas partes da fronteira.

Fonte: Da redação

Top News