Publicado em 24/04/2017 as 11:00am

Região do Cape Cod (MA) faz reuniões para implantar o "Safe Community" e proteger imigrantes

As reunições acontecerão em algumas cidades tais como Wellfleet, Brewster, Eastham, Harwich e Orleans

Residentes em várias cidades da "baixa Cape Cod" considerarão os próximos artigos da Reunião da Cidade, semelhantes às declarações da "cidade santuário" como Boston e Somerville, em Massachusetts. Essas declarações desencorajam as autoridades locais e a polícia a fazer cumprir as leis federais de imigração sem a ordem de um juiz.

Como os relatórios de Kathryn Eident, da WCAI, alguns residentes do Cape pensam que a declaração chamada "Safe Community" é vital para proteger os direitos dos imigrantes, enquanto outros dizem que a ideia levantou mais perguntas do que respostas.

Cape Cod é o lar de Rodrigo Sena, e tem sido por quase 15 anos. Ele adora a região - o silêncio no inverno, a beleza das praias e dos bosques, a comunidade. "É fácil construir raízes, é fácil se envolver, e eu sinto que é uma pequena vila", disse ele. "Eu vejo mais potencial em Cape Cod do que em qualquer outro lugar", continuou.

Mas ultimamente, o cidadão estadunidense nascido no Brasil, tem se sentido nervoso. Desde as eleições em novembro, Sena disse que notou uma diferença na maneira como algumas pessoas o tratam. Aqui está um exemplo: as pessoas querem saber seu status. Essa é uma pergunta que ele não ouvia antes. "Mas desde a eleição, mesmo as pessoas que eu conheço há anos agora estão perguntando se eu estou legalmente no país", disse. "As pessoas gostam de saber e descobrir e às vezes julgam", segue.

Sena não deveria ter nada a temer, pois ele se tornou um cidadão dos EUA há mais de uma década. Mas agora o residente de Hyannis, de 32 anos, se preocupa com os amigos e colegas que podem não ter um status seguro neste país. "Eu estava conversando com uma amiga e ela estava muito assustada e disse: 'Rodrigo, e se outros - gente má - vierem atrás de você ou algo assim. É só por causa de toda essa situação, nunca sabemos, né'", disse.

O desconforto como o de Sena é algo que o residente de Brewster, Rod MacDonald, esperava abordar no outono passado quando ele organizou a "Safe Communities Coalition". O grupo redigiu artigos sobre os próximos mandados de Reunião da Cidade em Brewster, Harwich, Eastham, Orleans e Wellfleet, pedindo que as autoridades municipais protejam todos os residentes e que não imponham a lei federal de imigração, a não ser por ordem judicial. O texto ecoa políticas semelhnates em cidades como Boston e Somerville - exceto que os artigos não usam o termo "cidade santuário". MacDonald gosta de "comunidade segura".

Ele disse que é "um lugar onde há um acordo entre a cidade e seus funcionários que a polícia local não questionará as pessoas sobre o status de sua documentação e não se reportará ao ICE (Immigrations and Customs Enforcement) no caso de uma infração menor. Mas se há um crime grave envolvido, isso é uma questão diferente".

Outras Reuniões da Cidade estão agendadas para as próximas segundas-feiras:

Wellfleet: 24 de abril de 2017

Brewster: 1 de maio de 2017

Eastham: 1 de maio de 2017

Harwich: 1 de maio de 2017

Orleans: 8 de maio de 2017

Fonte: Brazilian Times