Publicado em 10/05/2017 as 1:00pm

Imigrante é acusado de assassinar dois médicos em Boston

Os corpos das vítimas foram encontrados amarrados e as gargantas cortadas

Um imigrante de 30 anos de idade, oriundo da África, enfrenta a acusação de assassinato de dois médicos de Boston (Massachusetts). De acordo com as informações, os corpos das vítimas foram descobertos no apartamento delas na noite de sexta-feira (05).

Ao responder uma chamada de um homem armado que estava em um prédio de apartamentos de luxo em Boston, a polícia encontrou Bampumim Teixeira. Assim que o avistaram, dois policiais atiraram nele porque acreditaram que o suspeito tinha apontando ou disparado contra eles, segundo relatos do escritório da Promotoria Distrital do Condado de Suffolk.

Os promotores afirmam que o imigrante atirou contra a polícia, apesar de outros relatos negarem o fato.

Teixeira foi indiciado pelos crimes nesta segunda-feira (08), enquanto estava em um leito de hospital. O Departamento de Polícia de Boston informou que o homem foi atingido durante a troca de tiros. “O indivíduo tinha acabado de matar duas pessoas”, disse o Comissário William Evans aos repórteres durante uma coletiva no sábado. "Ele não tinha nada a perder", continuou.

Depois que a polícia deteve Teixeira, uma equipa da SWAT examinou o apartamento para garantir que não havia nenhum outro atirador. As autoridades não encontraram cúmplices, mas descobriram os corpos de Field, 49 anos, e sua noiva Lina Bolanos, 38. Os dois estavam com as mãos amarradas e as gargantas cortadas.

Ainda não foi descoberto os motivos que motivaram o crime.

Fonte: Brazilian Times