Publicado em 20/05/2017 as 6:09pm

Homem enfrenta 30 anos de prisão por operar contrabando de imigrantes

Homem enfrenta 30 anos de prisão por operar contrabando de imigrantes

Um cidadão cubano pode pegar até 30 anos de prisão pela sua participação em uma operação de contrabando de imigrantes das Bahamas para os Estados Unidos. De acordo com as informações, um advogado norte-americano disse que Carlos Garcia-Legon, de 54 anos, se declarou culpado na segunda-feira (16) por várias acusações, incluindo 14 de encorajar e induzir um imigrante a entrar ilegalmente no país.

A sentença está marcada para 10 de julho. Documentos do tribunal mostram que uma aeronave de proteção da fronteira avistou o barco de 25 pés de Garcia-Legon próximo a Bimini, nas Bahamas, em fevereiro. Os oficiais observaram a transferência de vários passageiros de outro navio.

A Customs and Border Protection (CBP) e os navios da Guarda Costeira norte-americana aproximaram-se do barco ao largo da costa de Miami (Flórida). Depois de ordens repetidas para parar, os oficiais dispararam quatro tiros de espingarda nos motores. As autoridades informaram que Garcia-Legon estava transportando 14 passageiros de vários países, incluindo China, Jamaica, Sri Lanka e Equador.

Caso venha ser condenado, ele poderá pegar até 30 anos de prisão.

Fonte: Brazilian Times