Publicado em 31/05/2017 as 5:00pm

Panfletos incitam afro-americanos a delatarem indocumentados

O panfleto intitulado "ICE Em" (Imigração para eles, em tradução livre) encoraja membros da comunidade negra a discar o número que consta no papel

Panfletos considerados por muitas pessoas como “racistas” começaram a aparecer em um bairro em Chicago (Ill.) e encorajam afro-americanos a delatar latinos indocumentados para deportação. O Vereador Alderman Raymond Lopez, morador no 15th Ward, criticou os panfletos, que apareceram em vizinhanças predominantemente negras nas regiões oeste e sul, como Englewood e Roseland. Além disso, eles também foram encontrados próximo ao local de uma construção na West Pullam e West Side.

Lopez disse que os panfletos são um exemplo claro de promover o ódio racial. “Eu represento afro-americanos e latinos em minha região e para qualquer outro grupo, muito menos um grupo que recusa a se identificar, distribuir esse tipo de panfletos racistas visando incitar negros contra latinos é simplesmente ultrajante para mim”, disse Alderman ao canal de TV Fox 32.

O panfleto intitulado “ICE Em” (Imigração para eles, em tradução livre) encoraja membros da comunidade negra a discar o número que consta no papel. Ele promove a recompensa de US$ 3 mil a US$ 10 mil “por cada ilegal denunciado”.

“As políticas das cidades santuários põem em perigo a vida de todos os americanos, além de violar as leis federais e destruir as comunidades negras”, diz os panfletos. “Ajude o Promotor Público Geral Jeff Sessions a auxiliar as pessoas negras nos EUA”.

No início da semana passada, a administração Trump voltou atrás na ameaça de suspender a verba federal de cidades santuários, Chicago entre elas. Sessions prometeu a suspensão somente da verba usada no combate à criminalidade e terrorismo e não todas as verbas federais como o presidente havia prometido.

Lopez alertou aos moradores em sua jurisdição para não caírem nos “argumentos falsos” dos panfletos. “Esses pôsteres apresentam alegações sem base e ultrajantes de que os latinos estão roubando os empregos dos afro-americanos em Chicago”, disse ele.

“Esses panfletos são uma fraude e o esforço de uma entidade não identificada de nos dividir e fazer com que as pessoas delatem em suas vizinhanças como Judas Escariote por alguns pedaços de prata. Todos nós sabemos como a história retrata Judas”, acrescentou.

O porta-voz do Departamento de Imigração (ICE) disse canal de TV Fox que o número de telefone que aparece nos panfletos realmente é usado para fazer denúncias, mas enfatizou que os panfletos não foram emitidos pelo órgão.

“Esses panfletos, decalques e pôsteres não são emitidos ou autorizados pelo ICE”, segundo o comunicado. “Esses panfletos falsos são similares a onda recente de boatos envolvendo batidas realizadas pelo ICE e detenções aleatórias. Tais boatos são perigosos e irresponsáveis”. 

Fonte: Brazilian Voice