Publicado em 14/06/2017 as 3:00pm

Homem que matou imigrante pode pegar pena de morte no Kansas

Adam Purinton enfrenta uma possível pena de morte ou prisão perpétua por ter assassinado um imigrante indiano e ferir outro.

Homem que matou imigrante pode pegar pena de morte no Kansas Adam Purinton teve a fiança estipulada em $2 milhões

Adam Purinton enfrenta uma possível pena de morte ou prisão perpétua por ter assassinado, no dia 22 de fevereiro, um imigrante indiano e ferir outro. Um júri federal indiciou o acusado por crime de ódio, que atirou nos dois imigrantes em um bar Olathe (Kansas). A decisão foi divulgada na sexta-feira, dia 09.

Purinton, de 52 anos de idade, também é acusado de violar uma lei federal por portar uma arma de fogo. Ele foi indiciado por um assassinato em primeiro grau e duas acusações de tentativa de homicídio.

O homem está preso na cadeia do Condado de Johnson em teve a sua fiança estipulada no valor de US$ 2 milhões. Se condenado, Purinton pode pegar pena de morte ou prisão perpétua. De acordo com as investigações, os dois imigrantes estavam sentados no pátio do Austins Bar & Grill quando Purinton, vestindo uma camisa branca e um lenço branco na cabeça, disse-lhes: “para sair do seu país".

O imigrante que ficou ferido relatou à polícia que Purinton também perguntou se o "status era legal" e neste ponto, dois clientes do bar, incluindo Ian Grillot, de 24 anos, tentou intervir, pedindo para Purinton sair.

O acusado foi escoltado para fora do local por empregados de bar, mas voltou 30 minutos depois com uma arma. De acordo com o depoimento, quando ele voltou, o tiroteio começou. Enquanto While Madasoni foi baleado onze vezes nas pernas, Srinivas Kuchibhotla foi alvejado em pontos mais críticos e foi declarado morto no hospital da Universidade de Kansas.

Fonte: Redação - Brazilian Times