Publicado em 31/07/2017 as 3:00pm

Indocumentado é acusado de estuprar menina em NY

O réu Fernando Alvarado Perez é acusado de estupro em 1º grau.

Um imigrante indocumentado em Nova York teria estuprado uma menina diversas vezes quando ela tinha entre 12 e 13 anos; incluindo uma vez em frente a um bebê. Fernando Alvarado Perez, de 37 anos, foi acusado de estupro em 1º grau, ato sexual criminoso e 4 acusações de pôr o bem-estar de uma criança em perigo, segundo o Livingston County News.

De acordo com o Brazilian Voice, Fernando manteve relações sexuais com a vítima em frente a um bebê, entretanto, informações adicionais sobre o caso não foram divulgadas. Não foi detalhado quando os ataques ocorreram.

Perez disse à polícia que entrou clandestinamente nos EUA há aproximadamente 10 anos, acrescentando que a Patrulha da Fronteira e as autoridades migratórias foram notificadas. Uma ordem de detenção foi emitida pelo Departamento de Segurança Nacional (DHS) e enviada à Penitenciária do Condado de Livingston, onde Fernando está detido sem direito à fiança.

“Os nossos agentes estão interessados em investigar esse incidente e apoiar a família da melhor forma que pudermos com a indicação de serviços e outros programas. O status migratório do réu não foi prioridade para nós”, disse o chefe de polícia da cidade de Geneseo (NY), Eric Osganian.

O departamento de polícia adotou essa política em maio, depois que uma parada no trânsito em março envolvendo duas mulheres e 6 crianças de estarem irregularmente nos EUA.

Renda Cole, moradora em Geneseo, lançou uma campanha beneficente no website GoFundMe.com que visa ajudar a vítima a encontrar “a ajuda profissional e emocional que ela precisará pelo resto da vida na forma de aconselhamento e tratamento médico”.

“Qualquer pessoa afetada pelo estupro sabe o quanto é difícil isso pode ser e como drena fisicamente a família”, disse Cole.

Fonte: Redação - Brazilian Times