Publicado em 23/08/2017 as 4:00pm

Comissário de polícia de Baltimore nega apoio à imigração

O comissário de Polícia de Baltimore (Maryland), Kevin Davis, disse para um alto funcionário...

Comissário de polícia de Baltimore nega apoio à imigração O Comissário de Polícia de Baltimore, Kevin Davis.

O comissário de Polícia de Baltimore (Maryland), Kevin Davis, disse para um alto funcionário do Departamento de Justiça dos Estados Unidos na semana passada que a política federal visando prender imigrantes é “desconcertante”, uma vez que a cidade não controla as suas prisões
David também disse que ligar a assistência ao crime às políticas de imigração é “preocupante” e “envia uma mensagem errada” para as comunidades imigrantes de Baltimore. "A segurança pública depende que todas as comunidades, independentemente do status de imigração, confiem nos agentes responsáveis em aplicar a lei", escreveu. "Sem essa confiança, os imigrantes podem ser menos propensos a se comunicar com a polícia, denunciar crimes ou procurar ajuda ao se tornar uma vítima".

Os comentários de Davis, que vieram em uma carta de duas páginas ao Departamento de Justiça, ecoaram o que ele e outros funcionários da cidade fizeram este mês, depois que o procurador-geral adjunto Alan Hanson afirmou sobre as políticas de imigração da cidade.

Em sua carta, datada de 2 de agosto, Hanson colocou três questões relativas sobre o os estatutos da cidade fornecem aos funcionários do Departamento de Segurança Interna dos EUA informações e acesso aos imigrantes detidos.

A administração Trump deu total apoio para que policiais e funcionários responsáveis pela aplicação da lei na cidade possam desempenhar um papel de parceria com os funcionários federais de imigração e criticou as jurisdições locais que não colaboraram.

Muitos em Maryland zombaram da carta de Hanson, porque o Estado, não a Cidade, controla a prisão de Baltimore, dando à cidade nenhum controle sobre o acesso à prisão e informações dos presos. Em sua, Davis disse a Hanson que ele era "incapaz de fornecer uma resposta" às perguntas dele por causa dessa falta de controle das prisões.

Davis também disse que gostaria de assistência da justiça para lutar contra o crime e acredita que as políticas de imigração sugeridas por Hanson representam "um passo na direção errada".

Fonte: Redação - Brazilian Times