Publicado em 30/08/2017 as 8:00am

Blitz da Patrulha da Fronteira prende 25 imigrantes em NH

Brasileiros estão entre os detidos, mas os nomes não foram divulgados pelas autoridades.

Blitz da Patrulha da Fronteira prende 25 imigrantes em NH Preocupação dos ativistas é que outras blitze sejam realizadas.

Conforme o jornal Brazilian Times alertou em edições anteriores sobre regiões em New Hampshire que decretaram tolerância zero para indocumentados, e na segunda-feira, dia 28, publicou uma nota sobre uma possível blitz feita por agentes da Patrulha de Fronteira, que teria sido filmada por um brasileiro na Interstate 93, a notícia foi confirmada.

A blitz terminou com a prisão de 25 imigrantes indocumentados, incluindo 14 colombianos. De acordo com as informações, a operação foi realizada três dias (sexta, sábado e domingo) no centro de New Hampshire.

Além dos imigrantes, as autoridades, que criaram um ponto de verificação na I-93, em Lincoln (NH), de 25 a 27, apreenderam narcóticos e parafernália para uso drogas, de acordo com uma nota emitida nesta segunda-feira (29), pelo Immigration and Customs Enforcement (ICE) e a Patrulha de Fronteira.

"Os pontos de verificação são apenas uma das ferramentas que utilizaremos para impor a imigração e outras leis federais de nossa nação", disse o agente chefe de patrulha do setor de Swanton, John C. Pfeifer. "Além da tecnologia, da mão-de-obra e da inteligência, os pontos de controle ajudam a negar o acesso para as principais rotas de saída da fronteira e para as nossas comunidades no interior do país".

Mais da metade dos imigrantes detidos eram da Colômbia, mas outros eram cidadãos do Brasil, Equador e do México.

Os oficiais aprenderam duas libras de maconha, bem como quantidades menores de cocaína, cogumelos alucinógenos e óleo de hash.

Uma das pessoas presas era um cidadão norte-americano que fugiu do posto de controle e liderou a polícia em uma perseguição de cinco milhas. O homem, que não teve a identidade revelada, foi preso e acusado por três crimes, incluindo condução imprudente, posse de substância controlada e colocar em risco o bem-estar de um menor.

Agentes das estações de patrulha fronteiriça de Beecher Falls e Swanton, na fronteira com Quebec (Canadá), trabalharam com o Departamento de Polícia de Woodstock na operação.

Fonte: Redação - Brazilian Times