Publicado em 2/09/2017 as 8:00am

Mais um brasileiro morre ao atravessar a fronteira

O jornal Brazilian Times registrou em edições anteriores a grande preocupação com as mortes de brasileiros ao tentarem atravessar a fronteira dos Estados Unidos com o México.

Mais um brasileiro morre ao atravessar a fronteira Ricardo entra para a trágica lista de mortes na fronteira.

O jornal Brazilian Times registrou em edições anteriores a grande preocupação com as mortes de brasileiros ao tentarem atravessar a fronteira dos Estados Unidos com o México. Somente neste ano, pelo menos seis casos foram registrados e o site da PADREF (Plano Funerário Familiar e Translado Funerário Global) informou a morte de mais um que teve o sonho interrompido.

De acordo com uma publicação a família do goiano Ricardo Evangelista dos Santos, 32 anos, passa por um momento de intensa dor e conta com o apoio da comunidade. Para isso foi aberta uma conta com o objetivo de angariar recursos que custeiem as despesas funerárias e o translado do corpo ao Brasil.

Os pais, Jurema e Aparecido, relataram que o filho trabalhava como mecânico e era natural de Inhamas (Goiás). Ele tentou atravessar a fronteira do México para os Estados Unidos ao lado de sua esposa. Os dois queriam uma vida melhor para eles e para a família.

A família ainda não foi informada sobre as causas da morte de Ricardo e as autoridades não revelaram como o brasileiro chegou ao hospital e onde está o corpo no momento. Quem quiser colaborar com uma doação, pode acessar o link goo.gl/h4YJLz

AS MORTES

Há duas semanas, a mídia divulgou a morte de Maycon Douglas de Andrade Fernandes, que se tornou o sexto brasileiro a morrer na travessia da fronteira sul dos Estados Unidos nos últimos 12 meses, período que registrou o maior número de vítimas em pelo menos uma década.

O ano mais fatal até agora havia sido 2010, quando 4 brasileiros morreram no massacre de Tamaulipas, no México – 72 pessoas que se preparavam para cruzar a fronteira foram assassinadas por narcotraficantes. O número de mortes nos últimos 12 meses é o maior pelo menos desde 2007, período sobre o qual o Ministério das Relações Exteriores forneceu dados para o Estado.

De 2007 até agora, 19 brasileiros morreram na tentativa de chegar por terra ao território americano. Estão fora dessa estatística os que ainda não foram encontrados. Em novembro, 12 brasileiros desapareceram no mar, depois de saírem das Bahamas. No mesmo mês, pai e filho que viajavam juntos sumiram no deserto do Arizona. Outro teve o mesmo destino no Texas.

Fonte: Redação - Brazilian Times