Publicado em 25/09/2017 as 4:00pm

Mulher com leucemia está sem transplante porque EUA não dão visto à irmã

A família está a trabalhar junto de organizações humanitárias para que os Estados Unidos permitam a entrada de um familiar.

Mulher com leucemia está sem transplante porque EUA não dão visto à irmã Helen Huynh foi diagnosticada com uma forma agressiva de leucemia.

Helen Huynh foi diagnosticada com uma forma agressiva de leucemia em fevereiro deste ano, tendo sido submetida a um tratamento de quimioterapia de imediato, até conseguir um transplante de células estaminais.

Havia, no entanto, uma esperança para a avó, natural da Califórnia. Uma das suas três irmãs, que ainda mora na terra natal, o Vietname, é uma dadora compatível. ThuyNguyen, irmã mais nova de Helen, preparou-se para viajar de imediato para os Estados Unidos, mas viu o seu visto ser-lhe negado pelas autoridades norte-americanas, de acordo com o Washington Post.

Os oficiais de imigração indicaram como justificação que, como Thuy nunca tinha saído do Vietname, acreditavam que ela não voltaria ao país depois do transplante. “Infelizmente, a Sra. Nguyen foi incapaz de confirmar, de forma a convencer o entrevistador, que o seu emprego, situação financeira e familiar no Vietname constituem laços fortes o suficiente para a compelir a deixar os Estados Unidos”, pode ler-se na carta dos serviços de imigração.

A família, no entanto, discorda e defende que não foi dada à mulher oportunidade para explanar a sua situação, uma vez que a entrevista com o oficial até foi encurtada. “Ela não é pobre, mas esta é a mentalidade que estes entrevistadores têm. Se és de um país menos desenvolvido, não vais querer vir embora [dos EUA]”, afirmou um familiar.

Helen, que continua hospitalizada, está a receber doses de morfina para aguentar a dor e “entra e sai do estado consciente”. A família está a trabalhar junto de organizações humanitárias para que seja permitida a entrada da irmã mais nova nos Estados Unidos.

Fonte: Redação - Brazilian Times