Publicado em 16/10/2017 as 4:00pm

Protegido pelo DACA confessa ter assassinado adolescente na Carolina do Sul

O jovem estudante Daniel De Jesus Rangel-Sherrer, 19 anos, confessou que foi o responsável pelo...

Protegido pelo DACA confessa ter assassinado adolescente na Carolina do Sul Daniel assumiu o assassinato.

O jovem estudante Daniel De Jesus Rangel-Sherrer, 19 anos, confessou que foi o responsável pelo assassinato de Diana Martinez-Gonzalez, 18 anos. Ele assumiu o crime diante de policiais logo após o corpo da jovem ser encontrado em um matagal, numa cidade no interior de Carolina do Sul, no dia 4 de outubro.

De acordo com as informações policiais, Daniel disparou várias vezes contra a cabeça de Diana. Uma amiga da vítima testemunhou que também foi levada, a força, para o matagal, mas conseguiu fugir e pedir socorro.

O corpo de Diana foi encontrado em um matagal.

As investigações continuam e ainda não ficou claro os motivos que motivaram o assassinato brutal.

Daniel é um imigrante indocumentado oriundo do México e estava sob a proteção do DACA, programa que protege jovens imigrantes da deportação.

Ele será indiciado por assassinato com arma de fogo e sequestro de duas jovens.

Fonte: Redação - Brazilian Times