Publicado em 23/10/2017 as 5:00pm

“Dreamer” é preso contrabandeando dois brasileiros no Texas

Dois jovens imigrantes indocumentados protegidos pelo Deferred Action for Childhood Arrivals...

“Dreamer” é preso contrabandeando dois brasileiros no Texas Os imigrantes estavam escondido no bagageiro do veículo.

Dois jovens imigrantes indocumentados protegidos pelo Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA) foram capturados, em dois casos separados, contrabandeando imigrantes no Texas, de acordo com informações divulgadas pelas autoridades federais de imigração.

As prisões acontecem em um momento que o Congresso discute o que fazer com os “Dreamers” e podem complicara imagem dos jovens protegidos pelo DACA como pessoas que cumprem a lei e são vítimas das circunstâncias.

O Immigration and Customs Enforcement (ICE) informou que a primeira tentativa de contrabando foi desmantelada em 4 de outubro, depois que a Patrulha de Fronteira interceptou um carro em um ponto de controle na Interestate 35. Após a abordagem, os agentes descobriram dois brasileiros indocumentados, escondidos no porta-malas do veículo.

O motorista do veículo é um jovem imigrante da Guatemala que foi aprovado pela administração Obama para ser protegido pelo DACA, em 2016, e consequentemente obter carteira de motorista.

Três dias depois, o mesmo ponto de controle prendeu outro beneficiado do DACA, um mexicano, que contrabandeava um imigrante indocumentado do mesmo país.

Nenhum dos nomes dos envolvidos foram divulgados.

No passado, os postos de controle de tráfico, como o da I-35 que capturou os contrabandistas de pessoas, eram usados como operações secundárias, mas agora foram expandidos para uma das operações implementadas mais importantes e efetivas, segundo o site do canal televisivo PFC.

Até agora, neste mês, a CBP do sul do Texas publicou no Twitter algumas das principais apreensões de drogas. Uma, em 4 de outubro, na qual os oficiais da CBP confiscaram US$ 916 mil em heroína e metanfetamina no Porto de Entrada em Laredo.

E em 11 de outubro, os agentes da CBP interceptaram US$ 1,5 milhão em metanfetamina no Porto de Entrada de Laredo em duas apreensões.

A CBP observou que os controles dos trens de carga foram uma das operações mais efetivas para detenções de estrangeiros ilegais no setor.

No ano fiscal de 2016, Laredo prendeu 36.562 estrangeiros ilegais, enquanto, através de 515 km do setor de Rio Grande, agentes detiveram 186.830 pessoas.

Fonte: Redação - Brazilian Times

Top News