Publicado em 15/11/2017 as 8:00am

ICE confirma brasileiro entre detidos em Long Island (NY)

O US Immigrationd and Customs Enforcement (ICE) anunciou na segunda-feira, dia 13, a prisão de 25 imigrantes, em Long Island (New York), procurados por terem ordem de deportação.

ICE confirma brasileiro entre detidos em Long Island (NY) Foto cedida pelo ICE sobre prisões realizadas pela agência

O US Immigrationd and Customs Enforcement (ICE) anunciou na segunda-feira, dia 13, a prisão de 25 imigrantes, em Long Island (New York), procurados por terem ordem de deportação.

De acordo com informações, 24 possuem condenações por dirigir veículo a motor, alcoolizado ou sob o efeito de algum tipo de entorpecente. Pelo menos um deles é membro da perigosa gangue MS-13, que dissemina o medo e a violência em algumas regiões dos Estados Unidos.

Ainda não foi confirmada a informação, mas o ICE acredita que alguns dos detidos podem ter sido deportados anteriormente e retornaram ao aos EUA depois, o que configura um crime federal.

Estas prisões fazem parte das operações realizadas pelo ICE para aplicar as leis de imigração direcionadas a imigrantes que a agência considera perigosos, deportáveis ou cometeram alguma violação de imigração.

Os detidos, que estão agendados para serem deportados aos seus países de origem são oriundos do Brasil, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México e Ucrânia, de acordo com dados das autoridades federais.

As prisões foram feitas em Amityville, Bay Shore, Calverton, Central Islip, Coram, Hampton Bays, Huntington, Medford, Moriches, Patchogue, Port Jefferson, Ronkonkoma, Riverhead, Sag Harbor, Shirley, West Babylon e Wheatley Heights.

A ação é chamada de “Operation Secure Streets”. "Esta operação visou aqueles que foram condenados por dirigir sob a influência, alguns com crianças no veículo, solidificando o compromisso do ICE em deportar ameaças à segurança pública de nossas comunidades", disse o diretor de escritório de campo em Nova York.

O ICE não divulgou o nome de nenhum dos detidos, embora algumas das detenções foram divulgadas em um comunicado de imprensa. Na nota relata que o brasileiro tem 40 anos de idade e foi deportado anteriormente depois de ser preso por dirigir intoxicado. Ele foi preso dia 5 de novembro, em Ronkonkoma, e permanece sob a custódia do ICE enquanto aguarda deportação para o Brasil.

Fonte: Redação - Brazilian Times

Top News