Publicado em 22/11/2017 as 12:00pm

Governo Trump anuncia fim de proteção temporária para 50 mil haitianos vítimas de terremoto

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta segunda-feira (20) o fim do status de proteção...

Governo Trump anuncia fim de proteção temporária para 50 mil haitianos vítimas de terremoto Haitianos tem 18 meses para voltar ao seu país natal.

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta segunda-feira (20) o fim do status de proteção temporária (TPS) para o Haiti, dando um período de 18 meses para que os 58.706 beneficiários da medida voltem ao seu país de origem ou busquem outra alternativa.

"Hoje (segunda-feira) a secretária interina de Segurança Interior, Elaine Duke, anunciou sua decisão de cancelar a designação de Status de Proteção Temporária (TPS, na sigla em inglês) para o Haiti, com vigência de 18 meses para permitir uma transição ordenada antes de que a designação acabe, em 22 de julho de 2019", anunciou a administração em um comunicado.

A decisão ocorre duas semanas depois de o presidente do país, Donald Trump, ter encerrado o TPS para a Nicarágua, afetando 5.349 imigrantes. Eles terão 12 meses para voltar às suas casas.

Conflitos e desastres

O TPS é um programa migratório criado em 1990 com o qual os EUA concedem permissões de forma extraordinária aos cidadãos de países afetados por conflitos bélicos ou desastres naturais.

Atualmente vivem 439.625 imigrantes nos Estados Unidos amparados pelo TPS, segundo dados fornecidos à Agência Efe pelo Serviço de Cidadania e Imigração (USCIS).

Na sua maioria são salvadorenhos (263.282), hondurenhos (86.163) e haitianos (58.706). Os outros países com TPS são africanos e asiáticos, destacando o Nepal, com 12.967 beneficiados, e a Síria, com 6.177.

Reavaliação

No caso de Honduras e a Nicarágua, os EUA concederam o TPS em 1998 após a passagem do devastador furacão Mitch pela América Central. El Salvador recebeu em 2001, produto de uma série de tremores e o Haiti em 2010, pelo seu catastrófico terremoto.

Nos últimos anos, os beneficiados do TPS viram sua permissão ser renovada automaticamente por períodos de 18 meses, mas agora o governo de Donald Trump decidiu reavaliar as condições que justificaram a concessão do programa.

Fonte: O Globo

Top News