Publicado em 1/12/2017 as 8:00am

Fornecedor do McDonald´s perde 800 funcionários em batida de imigração

Uma padaria em West Side Chicago que produz e fornece hambúrguer para o McDonald´s está se...

Fornecedor do McDonald´s perde 800 funcionários em batida de imigração Ações do ICE resultaram em 800 imigrantes demitidos de padaria.

Uma padaria em West Side Chicago que produz e fornece hambúrguer para o McDonald´s está se recuperando depois de perder mais de um terço de sua força de trabalho – 800 funcionários – em uma batida de imigração.

Os proprietários do Cloverhill Bakery, que está aberta desde 1961 em Galewood e foi comprada em 2014 por uma companhia suíça, relatou que eles tiveram um prejuízo de $21 milhões como resultado da operação do Immigrationand Customs Enforcement (ICE).

A companhia usou uma agência de empregos para fazer a contratação e disseram que não verificaram o “status” imigratório dos contratados, uma prática bastante comum entre as empresas de hotelaria e agricultura.

A Bloomberg, que foi a primeira mídia a relatar a história, descreveu a ação como uma das maiores "dores de cabeça" que uma empresa europeia sofreu após o foco da administração Trumpcontra imigrantes indocumentados. Houve incursões menores dirigidas a empresas de alimentos, como em fevereiro no Mississippi, onde o ICE deteve 55 funcionários de restaurantes asiáticos, por suspeita de serem indocumentados.

No entanto, muitas incursões não chegam ao conhecimento público, já que o ICE não confirmaras suas atividades. Isso leva a rumores sobre ocorrências de ataques em todo o país, de Dakota do Norte a Massachusetts, passando por Ann Arbor, em Michigan.

Não se sabe como essa incursão em particular afetou a cadeia de fornecedores do McDonald´s, mas os preços ao consumidor em breve serão afetados, de acordo com Aryzta AG, grupo suíço que comandaa padaria. A empresa reportou uma queda de 7% nas vendas na América do Norte - "conduzido inteiramente pela Cloverhill".

Essa queda foi registrada no período de três meses após a batida do ICE, de setembro a outubro.

Fonte: Redação - Brazilian Times

Top News