Publicado em 14/01/2018 as 8:25am

Republicanos apresentam proposta para salvar jovens indocumentados

Na quarta-feira, dia 10, um grupo de congressistas republicanos apresentaram uma proposta para...

Na quarta-feira, dia 10, um grupo de congressistas republicanos apresentaram uma proposta para resolver o problema de quase 700 mil imigrantes que estavam sob a proteção do DACA, programa criado na administração de Barack Obama e teve seu fim anunciado pelo presidente Donald Trump, em setembro passado.

O projeto apresentado oferece aos “Dreamers”, como são conhecidos os jovens protegidos pelo DACA, a possibilidade de residir legalmente no país, mas não abra caminho para uma possível cidadania. De acordo com as informações, a proposta tem total apoio de Trump.

Os patrocinadores deste projeto são os deputados Bob Goodlatte e Raúl Labrador. Durante a entrevista, eles citaram que a proposta atende aos quatro pontos estabelecidos por Trump e os congressistas que se reuniram com ele, na Casa Branca, segunda-feira, dia 08.

Se for aprovada, a proposta vai definir o futuro de 690 mil imigrantes que chegaram ao país quando eram crianças e foram beneficiadas pela criação do DACA, promulgado em 2012 por Obama e suspenso por Trump ano passado.

Quando anunciou que iria suspender o programa e entregou a “batata quente” nas mãos dos congressistas pedindo a eles que resolvesse a situação antes de março.

A proposta apresentada permite que os beneficiários do DACA tenham direito de obter uma licença que permita residir legalmente nos EUA durante três anos e neste período não podem ser deportados. Além disso, o projeto oferece a oportunidade de renovar a autorização indefinidamente. Assim, ele não abre espaço para que o indocumentado tenha direito de obter uma cidadania.

Um dos pontos solicitados para a aprovação do projeto é que seja liberado US$30 milhões para a construção do muro na fronteira com o México e pede o fim da “Loteria de Vistos”, que beneficia com Green Cards, anualmente, milhares de pessoas de países com baixa taxa de imigrantes nos EUA.

Outro ponto citado no projeto é o fim do que é chamado “migração em cadeia”, um sistema que permite ao cidadão dos EUA ou quem tem Green Card facilitar a entrada de familiares no país.

Fonte: Redação - Brazilian Times